Khamzat Chimaev ironiza sobre possível luta com Donald Cerrone: “Vitória fácil”

Lutador é umas das maiores sensações do UFC dentro do octógono na atualidade

Romário Pereira de Carvalho
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/Facebook

Após vencer as duas primeiras lutas que disputou no UFC de forma inquestionável, Khamzat Chimaev já traça seus próximos passos. De origem chechena, provou que tem fome de luta ao realizar dois combates com 10 dias de distância e em categorias de peso diferentes. Confiante, a sensação busca um adversário de renome para sua próxima apresentação.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Em entrevista ao canal do Youtube do ex-lutador Chael Sonnen, ele não descartou um combate na divisão dos médios (84 kg), mas afirmou que pretende realizá-lo entre os meio-médios (77 kg). Questionado se Cerrone seria um bom nome, Chimaev classificou como uma “luta fácil” contra o americano.

“Eu não sei (se eu já tenho um oponente). Eu treino todos os dias. Não sei nada (sobre Cerrone). Eu ficaria feliz se eles me dessem ele. Ele tem um bom nome, mas para mim essa é uma luta fácil, uma vitória fácil. Eu acho que no primeiro ou segundo round, eu acabaria com ele”, apontou Khamzat Chimaev, antes de completar.

“Eu amo lutar. Arrebentar alguém, ganhar dinheiro. Eu sei que posso quebrar todo mundo no UFC”, concluiu o confiante lutador.

Aos 26 anos, Khamzat Chimaev possui oito vitórias, sendo cinco por nocaute e três por finalização, e nenhuma derrota em seu cartel no MMA profissional, modalidade na qual compete desde 2018. O lutador – que representa a Suécia – venceu John Philips em sua estreia pelo UFC, em combate válido pelo peso-médio, e dez dias depois atropelou Rhys McKee, pelos meio-médios.

LEIA MAIS SOBRE UFC

Ex-campeão do UFC, Renan Barão assina com nova organização de MMA

Khabib x GSP? Canadense diz que ‘proposta certa’ o fará deixar aposentadoria