Sucesso no dérbi e classificação surpreendente: veja como foi o mês de julho do Corinthians

Equipe estava virtualmente eliminada, mas chegou à classificação e está na semi

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O Corinthians mudou a cara da temporada 2020 no mês de julho e viu o trabalho de Tiago Nunes ganhar nova cara após três vitórias, uma defesa sólida e classificação surpreendente às quartas do Paulistão.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

O Governo de São Paulo liberou o retorno aos treinos no Estado no dia 1º de julho e todos os clubes – incluindo o Corinthians – voltaram aos trabalhos. A equipe já vinha promovendo testes de coronavírus no elenco e em junho chegou a registrar 21 casos positivos, mas em julho controlou as transmissões e reduziu o problema.

Julho também marcou a volta de Jô aos treinos, mas também outros processos trabalhistas que marcaram o mês de junho.

Porém, com a volta aos gramados, os problemas extracampo deram lugar à expectativa para como o time se apresentaria após quatro meses e um início decepcionante.

Tiago Nunes então promoveu mudanças na equipe, já que perdeu Pedro Henrique, e deu a Danilo Avelar a titularidade na defesa. Carlos também se consolidou na lateral-esquerda e conquistou o técnico nos treinos.

O dérbi e a classificação na mira
O Corinthians voltou ao futebol no clássico contra o Palmeiras e precisava da vitória para seguir vivo no Paulistão.

Na volta, o time sabia o que fazer para chegar à vaga – que parecia distante: precisava vencer seus dois jogos, contra Palmeiras e Oeste, e torcer para o Guarani, seu rival direto e que estava cinco pontos à frente, não vencer nenhum e somar no máximo um ponto nos jogos contra Botafogo-SP e São Paulo

No primeiro jogo, o Timão conseguiu grande vitória no dérbi e triunfou com gol de Gil, de cabeça.

A equipe contou com derrota do Guarani para o Botafogo-SP para chegar vivo à última rodada, mas precisaria contar com a ajuda do rival São Paulo e ainda bater o Oeste fora de casa. Deu certo.

Avelar e Éderson – o principal jogador do Corinthians no retorno aos gramados – marcaram em Barueri, enquanto o rival bateu o Bugre por 3 a 1, classificando o alvinegro.

Nas quartas de final, o Timão encarou o Red Bull Bragantino, melhor campanha do Paulistão, e alguns chegaram a colocar a equipe como azarona.

Com o retorno de Jô, já que Boselli se lesionou contra o Oeste, e com as entradas de Éderson e Mateus Vital – nas vagas de Camacho e Everaldo, respectivamente -, a equipe dominou o Braga, venceu por 2 a 0 e chegou a uma improvável semifinal do Paulistão.

A equipe encara o Mirassol neste domingo (2), na Arena Corinthians.

Leia mais:
Deu certo! 5 jogadores brasileiros que mudaram de posição na Europa