Universidad Católica domina e Grêmio vai desfalcado para o Gre-Nal

O Grêmio não se encontrou em campo contra o Universidad Católica na noite dessa quarta-feira (16) e perdeu a primeira partida na Libertadores 2020

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jogando fora de casa, o Grêmio não conseguiu chegar na área do Universidad Católica e com erros bobos, viu o adversário ser superior e vencer a partida ainda no primeiro tempo.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Sem Kannemann, Maicon, Pepê, Jean Pyerre e Éverton Cardoso, Renato Portaluppi precisou usar a cabeça para escalar a equipe gaúcha para enfrentar os chilenos no retorno da Libertadores.

Encurralados, os tricolores não conseguiam criar chances claras de gol e viram os donos da casa abrirem o placar com Zampedri aos 44 minutos do primeiro tempo. No mesmo lance, Geromel sentiu lesão e precisou deixar o campo para a entrada de Rodrigues.

Grêmio não segura Católica e vai desfalcado para o Gre-Nal

Logo depois do primeiro tento, Pinares recebeu na área e encobriu o arqueiro tricolor para ampliar o marcador em dois tempos. Podendo mexer no time no intervalo, assim não descontaria uma das cinco substituições, Renato optou por esperar o jogo recomeçar.

O comandante gremista não esperou os cinco minutos da etapa complementar e sacou Isaque e Luiz Fernando, para colocar Ferreira e Robinho, respectivamente, em campo. No entanto, as mudanças pouco surtiram efeito.

Os mandantes se aproveitaram da fragilidade gremista para administrar o placar e conseguir os primeiros pontos na competição continental. Já os gaúchos acabaram perdendo David Braz no final do confronto, depois do zagueiro ser expulso por entrada dura em Puch.

Assim, o Tricolor não deve contar com a sua dupla de zaga titular no Gre-Nal da próxima semana, além de ter as participações de Pepê, Jean Pyerre, Maicon e Éverton como incógnitas.

LEIA MAIS

Jorge Jesus lamenta eliminação do Benfica para o PAOK: “fomos melhores”

Renato, Luan e mais: 5 ídolos marcantes da história do Grêmio