Presidente do São Paulo, Leco é diagnosticado com coronavírus; estado de saúde do dirigente é estável

Informação foi revelada em primeira mão por Mauricio Barros, jornalista da Rede Bandeirantes; clube confirmou diagnóstico de Leco em nota oficial

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

A noite desta quarta-feira (09) foi agitada para o São Paulo Futebol Clube. A equipe feminina do clube venceu a Ponte Preta por 7×0, enquanto o masculino ficou no 1×1 com o Red Bull – nas respectivas edições do Campeonato Brasileiro. Carlos Augusto de Barros e Silva, popularmente conhecido como Leco, presidente do clube, teve uma surpresa nada agradável. Ele foi diagnosticado com coronavírus.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

A informação foi dada em primeira mão por Maurício Barros, jornalista atualmente na Rede Bandeirantes. Ele revelou o diagnóstico no Twitter:

Após a checagem do jornalista, a assessoria de imprensa do São Paulo divulgou uma nota oficial sobre o estado de saúde de Leco:

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

O São Paulo Futebol Clube informa que o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva contraiu COVID-19 e está em tratamento desde o final da semana passada. O presidente está sob acompanhamento médico e nos últimos dias manteve agenda de recuperação e isolamento em casa, além de passar por exames e períodos de observação no HCor [Hospital do Coração

Grupo de risco

Leco tem 82 anos de idade – logo, é de um dos grupos de risco do coronavírus: idosos. De acordo com veículos de comunicação, o quadro de saúde do dirigente tricolor é estável. Ele assumiu a presidência em 2015, após a renúncia de Carlos Miguel Aidar.

LEIA MAIS
Rogério Ceni surpreende: “Fiz o mesmo trabalho no Fortaleza e no São Paulo”
Bruno Alves celebra boa fase no São Paulo: “Melhor ano da carreira”
No Twitter, São Paulo comemora 25 anos do bicampeonato Mundial de Clubes