Neymar agride rival que o chamou de ‘macaco’ na França: “Racismo, não”

Enfrentando o Olympique de Marseille, Neymar denunciou o ato de Álvaro González durante o confronto pela 2ª rodada da Ligue 1

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Divulgação/PSG

O atacante Neymar denunciou um caso de racismo no duelo contra o Olympique de Marseille neste domingo (13). Durante o começo do primeiro tempo da partida do Paris Saint-Germain no Parc dos Princípes, em Paris, o brasileiro foi chamado de macaco por Álvaro González.

O lance aconteceu aos cinco minutos do primeiro tempo e deixou Neymar irritado. O camisa 10 do PSG não se segurou e denunciou o caso de racismo ao árbitro, gritando duas vezes “Racismo, não”. Confira o momento de Paris Saint-Germain x Olympique de Marseille!

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A partida marcou o retorno de Neymar aos gramados após pegar o vírus da Covid-19 e a estreia do jogador em parceria com a Puma. No fim, o atacante aproveitou uma confusão entre os jogadores e agrediu Álvaro González. O juiz viu o VAR e acabou expulsando o brasileiro.

Pela 2ª rodada da Ligue 1, da França, o PSG acabou sendo derrotado mesmo jogando em casa para o Olympique de Marseille. Vale lembrar que, além do camisa 10, outros jogadores também contraíram o vírus no elenco, como o zagueiro Marquinhos.

Siga o autor do texto em sua conta no Twitter!

LEIA MAIS:

Pai tá on? Neymar chega ao Parque dos Príncipes ouvindo Barões da Pisadinha; assista

Neymar confirma parceria com a Puma e usará chuteira de Pelé e Maradona: “Quero que a ‘King’ reine em campo”