Para jornalista, Bolzan “passou pano” em entrevista coletiva: “Uma das mais ridículas da história do Grêmio”

Entrevista do presidente Romildo Bolzan Jr marcou a quarta-feira do Grêmio em Salvador

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução

A entrevista coletiva concedida pelo presidente Romildo Bolzan às vésperas do duelo contra o Bahia, descartando qualquer tipo de mudança drástica no Grêmio independentemente do resultado, gerou fortíssimas críticas do comentarista do Grupo Bandeirantes, Alex Bagé.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Na interpretação do comunicador, Bolzan está “passando pano” para atual fase do clube e ainda dando carta branca para todas as decisões do técnico Renato Portaluppi.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Eu não consigo ser tão politicamente correto e talvez seja um defeito. A entrevista do presidente Romildo Bolzan Jr é uma das coisas mais ridículas que já aconteceu na história do Grêmio. Sabe qual a diferença da entrevista dele para a do Paulo Luz? É que ele não usou a frase do pneu do avião. Tu acha que está tudo certo, eu penso que está tudo errado. O presidente era uma esperança que eu tinha, porque eu também sou gremista. Uma esperança de chegar e dar uma luz. Não sou burro, trabalho com isso há 20 anos. Eu não esperava que fosse demitir o Renato, o Klauss Câmara. Mas eu pedia que, na hora de passar pano, não pode ser o presidente a fazer. O pano já está sendo passado pelo Renato, pelo Paulo Luz. A expectativa de torcedor que eu tinha era que o presidente não passasse pano”, lamentou durante o programa Os Donos da Bola, da Band, nesta quarta.

“E ele deu de presente de aniversário para o Renato: “Renato, faz o que tu bem entende”. O presidente deixou claro que não haverá nenhuma mudança com o resultado do jogo contra o Bahia. O Renato pode fazer o que bem entender. Foi uma das coisas mais lamentáveis da sua gestão, presidente. Talvez você tenha entrado numa zona de conforto. Sabe por que? Porque agora você não depende mais de eleição. E nada sem oposição anda bem”, acrescentou.

Com os resultados dos jogos de quarta-feira no Brasileirão, o tricolor caiu para 17°, na zona de rebaixamento do nacional, com 8 pontos.

Confira a entrevista de Romildo Bolzan

LEIA MAIS:

Renato treme de frio após levar “banho” dos jogadores, e Diego Souza coloca cachecol no treinador

Atuação tira força da comemoração do título, e Maicon reconhece grupo chateado apesar do tri estadual

Fora da temporada, Guerrero mostra saudades do Inter e deixa recado na web após vitória

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram