Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

São Paulo tem ajuda de ‘gols contra’ para empatar com o River Plate pela Libertadores

Em jogo válido pela 3ª rodada do Grupo D da Libertadores, o São Paulo empatou em casa por 2×2 com o River Plate

Diego Lucio Castro de Oliveira
Torcedor do Corinthians, amante de MMA e Pro-Wrestling, profissional de TI e futuro jornalista

E pra quem achou que o São Paulo teria facilidade contra um River Plate que não jogava há seis meses, se enganou. Pelo contrário, a equipe de Fernando Diniz sofreu e muito para alcançar o empate em pleno Morumbi. O Tricolor abriu o placar cedo, mas o River tomou conta da maioria do jogo. Empatou, virou e tinha tudo pra manter o placar. Mas aí na força de vontade e no vigor físico, o São Paulo conseguiu o empate. Detalhe: os dois gols são-paulinos foram contra, marcados por defensores do River.

1º TEMPO

Nos primeiros 10 minutos, o São Paulo fez valer seu ritmo maior de jogo, tendo em vista os seis meses parados do River Plate. Logo aos seis minutos, Hernanes exigiu boa defesa de Armani após chute de fora da área. E o gol não demorou a sair. Aos nove, Igor Vinícius inverteu jogo pra Reinaldo que bateu de primeira. A bola desviou em Enzo Pérez, bateu na trave e entrou. São Paulo 1×0 River Plate.

Mas o futebol do São Paulo acabou aí. A resposta veio um minuto depois, com Volpi espalmando chute de Álvarez. O River Plate começou certa pressão, e a zaga Tricolor logo sucumbiu. Aos 17, em excelente troca de passes, Borré acionou Matias Suárez, que lançou Álvarez. Ele saiu sozinho e cruzou para o mesmo Borré só empurrar pro gol. São Paulo 1×1 River Plate.

O São Paulo sentiu o gol, e o River mesmo sem o ritmo ideal, tomou conta do meio-campo até o final da primeira etapa.

2º TEMPO

O começo foi semelhante, onde o São Paulo teve as melhores chances, dessa vez com Igor Gomes e com Pablo. Mas novamente, os argentinos tomaram conta do jogo na sequência.

Mesmo com este certo ‘domínio’, o Tricolor ainda criava as melhores chances nas poucas oportunidades. Aos 25 minutos, Igor Vinícius tabelou com Pablo e saiu na cara do gol pelo lado direito da área. Ao invés de chutar, tentou tocar pro meio, e a zaga tirou. Excelente chance perdida!

No mais, o River continuou dominando a partida, mas o último passe não entrava na zaga do São Paulo. Foi então na bola parada, que o time argentino virou. Aos 34 minutos, escanteio na área Tricolor e um bate-rebate deixou a bola limpa pra Álvarez, que bateu de primeira, sem chance para Volpi. São Paulo 1×2 River Plate.

Diferente do primeiro tempo, o São Paulo resolveu despertar após o gol sofrido. E no desespero, empatou pouco depois. Aos 37, Reinaldo tabelou com Hernanes, e cruzou pra pequena área. Armani espalmou pra frente, mas a bola bateu em Angelieri, que marcou mais um gol contra do River na partida. São Paulo 2×2 River Plate.

 

Como ficam São Paulo e River Plate na Libertadores?

Tanto São Paulo quanto River Plate ficam com quatro pontos ganhos no Grupo D da Libertadores. Mas o River se mantém na 2ª colocação devido ao saldo de gols maior. O Tricolor encara a líder da chave LDU, que tem seis pontos. O jogo é na altitude de Quito. O River por sua vez, encara o lanterna Binacional fora de casa.

Tudo sobre a Libertadores, você confere aqui no Torcedores.com

LEIA MAIS
Pior ataque no Brasileirão, Coritiba anuncia dois estrangeiros para melhorar estatística

Futebol feminino pode ser a opção da Globo para substituir Fórmula 1 aos domingos

Marinho, Galhardo e mais: confira 10 possíveis surpresas de Tite na convocação da Seleção