Ygor Catatau celebra primeiro gol pelo Vasco após “passado de sofrimento”: “Vencer em cima disso é muito bom”

Atacante do Vasco marcou na vitória sobre o Botafogo

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Rafael Ribeiro/Vasco

Em entrevista à “Vasco TV“, Ygor Catatau celebrou seu primeiro gol pelo Cruzmaltino. No duelo contra o Botafogo, o atacante acertou um bonito chute e o lance foi importante para o triunfo por 3 a 2. Sendo assim, ele se emocionou no momento, já que viveu várias dificuldades até receber uma chance do clube carioca, oportunidade que ele quer aproveitar da melhor forma possível.

“A sensação é indescritível. Como disse após o jogo, eu só lembrava do meu passado de sofrimento e vencer em cima disso é muito bom, gratificante. Agradeço a Deus pela oportunidade de realizar esse sonho. Assim que eu saí do estádio e tive um encontro com a minha esposa, ela que sabe da minha luta, é muito legal para ela também, que sempre me incentivou, mas para os meus pais também. Meu pai chegou a dormir. Ele chegou do trabalho cansado e só viu o primeiro tempo. Aí pegou no sono no segundo e acordou com muita gente ligando pra ele. Eu esperando a ligação do meu pai e nada. Ele ligou felizão, me desejou os parabéns e foi pra rua, já era mais de 1h (risos), pra festejar”, declarou.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

PARCERIA COM MARCOS JR

No Vasco, Catatau reencontrou Marcos Jr. Dessa forma, o volante participou ativamente do gol marcado pelo companheiro, algo que também foi bastante valorizado. Agora, a dupla busca repetir o bom desempenho no reencontro com o Botafogo, desta vez pela Copa do Brasil.

“Conheço o Marcos Júnior desde a base. Joguei muito contra ele no sub-20, depois juntos e sempre foi um parceirão meu dentro e fora do futebol. Cheguei aqui no Vasco, já tinha amizade com ele e com o Ricardo Graça. Fazer meu primeiro gol com a camisa do Vasco com um passe de um amigão, um irmão, não poderia ser diferente. Dei um abraço nele muito forte, comemoramos juntos, agradeci e desejei todo o sucesso na vida dele”, completou.

LEIA MAIS