Palmeiras tem interesse em contratar Francisco Arce, diz jornal paraguaio

Ex-lateral de Grêmio e Palmeiras, Arce é o atual técnico do Cerro Porteño

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação /Conmebol

O jornal “ABC Color”, do Paraguai, publicou nesta segunda-feira que o Palmeiras tem interesse em contratar Francisco Arce. O treinador do Cerro Porteño surge como um dos possíveis substitutos de Vanderlei Luxemburgo, que tem seu cargo ameaçado devido ao fraco rendimento do time no Campeonato Brasileiro.

Siga o Torcedores também no Instagram

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

A situação do Palmeiras é conturbada no momento. A equipe está na 7ª colocação no Brasileirão com 22 pontos, a apenas dois de distância da zona de classificação para a Copa Libertadores da América. O técnico Vanderlei Luxemburgo segue comandando o time, mas os principais veículos de comunicação têm noticiado que os dirigentes pensam em mudanças.

Ainda segundo a publicação, Francisco Arce surge como um dos candidatos devido à grande identificação com o Palmeiras. Afinal, o ex-lateral marcou época no clube entre 1998 e 2002. Ele, nesse ínterim, venceu a Copa Libertadores da América, a Copa Mercosul, a Copa do Brasil e o Torneio Rio-São Paulo.

Em declarações recentes, Arce afirmou que não esconde o desejo de seguir carreira como treinador no futebol brasileiro, mas ressaltou que ainda tem contrato com o Cerro Porteño. O seu atual vínculo termina em dezembro de 2021. Porém, o acordo não tem cláusula de rescisão de contrato, o que pode ser um facilitador para a diretoria alviverde.

Enquanto não decide o futuro de Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras tenta se recuperar no Campeonato Brasileiro. O time enfrenta o Coritiba, quarta-feira, às 18h, no Allianz Parque, pela 15ª rodada. A vitória sobre a equipe paranaense será fundamental para a diretoria sacramentar ou não a permanência do treinador no Palestra Itália.

A carreira de Francisco Arce

Aos 49 anos, Francis Javier Arce Rolón fez sucesso no futebol brasileiro entre 1995 e 2002. Considerado um dos melhores laterais do mundo, o paraguaio se tornou ídolo no Grêmio e Palmeiras. Ele, nesse ínterim, entrou para a história dos dois clubes após conquistar a Copa Libertadores da América de 1995 e 1999.

Após pendurar as chuteiras, Chique Arce comandou o Rubio Ñu, Olímpia, Guarani, General Díaz e Nacional. No exterior, ele teve breve passagem pelo Ohod Club, da Arábia Saudita. Além disso, o treinador comandou a Seleção do Paraguai em duas oportunidades. Porém, não conseguiu classificar o país para os Mundiais de 2014 e 2018.

LEIA MAIS: