Após derrota do Palmeiras para o Coritiba, sede do clube é pichada: “Elenco paneleiro”

Crise no Palmeiras foi instaurada depois de mais um resultado negativo no Brasileirão

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Após a derrota para o Coritiba, em pelo Allianz Parque, a sede do Palmeiras foi pichada em forma de protesto. Dessa forma, os autores do ato pediram a saída de Luxemburgo, que foi confirmada horas depois, além de detonarem o presidente do clube e o elenco. Maurício Galiotte, que já é alvo dos torcedores há algum tempo, descrito como “banana”, e o plantel foi chamado de “paneleiro”.

Veja abaixo as imagens. Depois do ocorrido, funcionários do local cobriram as pichações com tinta.

Com a derrota, a situação de Vanderlei Luxemburgo no Palmeiras ficou insustentável. Portanto, a diretoria acabou optando pelo desligamento do treinador. Sendo assim, opções no mercado serão ser analisadas para definir o substituto, que terá a missão de recolocar o Verdão nos trilhos, já que o clube almeja o título do Brasileirão.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

“Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do Palmeiras. Após a partida desta quarta-feira (14), a diretoria alviverde se reuniu na Academia de Futebol e decidiu pela não permanência do treinador no cargo. O Palmeiras agradece a Luxemburgo pelo trabalho desenvolvido em sua quinta passagem pelo clube, na qual conquistou o Campeonato Paulista de 2020”, informou o time em nota.

LEIA MAIS