Técnico do Barcelona revela motivo de saída de Suárez, mas ressalta: “Podia ter ficado”

Terceiro maior artilheiro da história dos catalães deixou o clube e acertou com o Atlético de Madrid

Luiz Felipe Longo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação /Barcelona

A história no Barcelona e os bons números não foram suficientes pela permanência de Luis Suárez. Terceiro maior artilheiro da história do clube com 198 gols, o uruguaio não estava nos planos de Ronald Koeman e acertou com o Atlético de Madrid. Agora, o treinador holandês revelou o motivo da saída do jogador.

“O clube decidiu que precisávamos rejuvenescer o elenco. Você pode ver isso refletido nas escalações. Ansu Fati sempre joga e tem 17 anos, Pedri tem 17. Ronald Araújo tem 21, Trincão só 20, agora o Dest com 19. São jogadores para o futuro”, explicou o holandês em entrevista à emissora NOS, do seu país.

De acordo com Koeman, Suárez não teria espaço para ser titular no Barcelona justamente por essa ideia de dar espaço aos mais jovens. O técnico afirmou que o uruguaio não recebeu bem a decisão, mas descartou qualquer problema pessoal com o camisa 9.

“Seria muito difícil o Suárez seguir como titular, e eu falei isso. Ele não recebeu be a notícia, mas nunca tive qualquer problema pessoal. Ele treinava normalmente, com um bom desempenho. Quando decidiu sair, eu disse: ‘se quiser ficar terá espaço no grupo, então pode me provar que eu estava errado. Ele podia ter ficado”, completou.

O Barcelona iniciou uma reformulação após o massacre por 8×2 sofrida para o Bayern de Munique. Além de Suárez, nomes importantes deixaram os catalães. Foram os casos de Ivan Rakitic (Sevilla), Arturo Vidal (Inter de Milão), Arthur (Juventus), Rafinha (PSG) e Nelson Semedo (Wolverhampton).

LEIA MAIS SOBRE O BARCELONA

Ex-Bayern vê Guardiola superestimado e critica: “Messi ganhava os títulos”

Barcelona fecha empréstimo de jovem promessa a clube da Alemanha

Barcelona amplia reformulação e vê pilares de últimas temporadas saírem; veja quem deixou o clube