Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Corinthians é condenado na Fifa a pagar R$ 18,3 milhões a ex-time de Jô no Japão, diz site

Nagoya Grampus venceu o caso na justiça da Fifa e alegou ‘justa causa’ na saída do atacante. Corinthians poderá recorrer ao CAS

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians foi condenado pela FIFA nesta terça-feira (24) a pagar R$18,3 milhões ao Nagoya Grampus, do futebol japonês. O valor foi resultado da saída do atacante Jô no meio desta temporada. De acordo com o site Esporte Interativo, o time alvinegro poderá recorrer ao CAS – Corte Arbitral do Esporte.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Contratado em agosto pelo Corinthians, o atacante Jô saiu em confusão no time japonês. Porém, após vencer o caso na Fifa, o Nagoya Grampus alega justa causa na demissão do camisa 77 e pede um ressarcimento no valor de aproximadamente R$18,3 milhões, ajustados com a cotação atual.

Em contato com a assessoria do clube, o Corinthians afirma que o problema é entre o atleta e o Nagoya Grampus. O clube não encara como grande problema no momento, leva isso como “absurdo” e deve recorrer em até 30 dias após a condenação da Fifa.

VEJA TAMBÉM:

Corinthians é condenado na Fifa a pagar R$ 18,3 milhões a ex-time de Jô no Japão

Cicinho deixa Sheik irritado após citar “ajuda” de juiz na final da Libertadores

Andrés Sanchez elogia Lula, revela “saudade” e afirma: “Ele liga reclamando do time”

Andrés cita “nível horroroso”, promete ir à CBF e diz que “Caio Max não apita mais jogos do Corinthians”

As melhores notícias de esportes, direto para você