Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Filho de Pelé, Edinho revela lado “corneteiro” do pai: “Ele não tem muita paciência”

Pelé acaba ficando bastante inquieto enquanto está assistindo futebol

Bruno Romão
25 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação - Santos

Em entrevista ao programa “Grande Círculo“, Edinho revelou que Pelé possui um lado “corneteiro”. Isso porque o ídolo da seleção brasileira não poupa críticas enquanto está assistindo partidas de futebol. Sendo assim, o filho de um dos maiores jogadores de todos os tempos tenta contornar a situação, tarefa que acaba não sendo fácil.

“Ele é meio corneteiro. Tem horas que ele não tem muita paciência, não. Ele tenta compreender, e eu tento pedir para ele ter paciência. É fogo ficar do lado dele, ainda mais que eu conheço muitos dos que ele está criticando e até tento amenizar. Mas ele tem muito bom senso, consciência, e sabe da realidade das coisas, mas não deixa de dar umas cornetadas de vez em quando”, declarou.

Edinho também reforçou a admiração que possui por Pelé, algo que se estende além do futebol. Além disso, ele revelou como o aniversário de 80 anos do “Rei do futebol” foi comemorado, celebração que não foi completa por conta da pandemia.

“Resgatei a relação de pai e filho, mas muitas vezes essa relação se inverte. Temos uma relação de amizade também. O Pelé é o meu ídolo máximo. Tem toda essa admiração e reverência, mas também tem o inverso, no sentido de que ele se alimenta muito da minha concepção do futebol moderno profissional. Ele viveu uma época do futebol muito diferente do que é hoje. Existe uma troca muito interessante de conhecimento e de experiências que a gente curte muito. Com certeza, a paixão pelo futebol é a essência da nossa relação”

“Fizemos uma reunião virtual com a família para confraternizar, cantar parabéns, mandar um beijo para ele. Pelo cenário atual no mundo hoje, ele tem sido totalmente isolado desde o início da pandemia. Não está recebendo visitas, mas nos falamos constantemente, pelo menos uma vez por semana. Ele é adepto do celular, das mensagens, então dá para ficar atualizado”, contou.

LEIA MAIS