Mundial de Clubes: Fifa avalia nova mudança devido ao Covid-19

Mundial de Clubes será disputado no Qatar, em fevereiro de 2021

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação

A Fifa está preocupada com a possibilidade de haver um surto de Covid-19 durante a disputa do Mundial de Clubes, em fevereiro de 2021, e analisa a possibilidade de aumentar o número de jogadores inscritos por cada uma das equipes participantes.

De acordo com a coluna do jornalista Marcel Rizzo, do UOL Esporte, o receio da entidade é que jogadores contaminados possam desfalcar os times durante a competição – causando até derrotas por WO (perda por não comparecimento ou não ter o mínimo de sete atletas disponíveis) -, confirmada para ser disputada entre os dias 1º e 11 de fevereiro. Por isso, a possibilidade de cada time inscrever 35 ou 40 jogadores está sendo estudada.

Desde 2005, quando a competição adotou o formato atual, são liberadas as inscrições de no máximo 23 jogadores, sendo três goleiros.

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

Caso a proposta de aumentar o número de inscritos seja oficializada, será preciso diminuir o número de oficiais (membros da comissão técnica, diretores e convidados com direito a credencial) que atualmente é de 32.

Dos sete times que estarão na disputa, já estão classificados o Bayern de Munique, campeão europeu, e o Al-Duhail, time do ex-palmeirense Dudu, que vai representar o país-sede Qatar.

LEIA MAIS: