Patrick Peterson pede mais árbitros em jogos da NFL: “Não veem o campo inteiro, precisamos de mais olhos para ajudá-los”

Cornerback do Arizona Cardinals, Patrick Peterson reclamou de falta cometida por ele mesmo em DeVante Parker, do Miami Dolphins

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Não é apenas no futebol da bola redonda que a arbitragem é contestada. Na bola oval, a mesma situação acontece. Patrick Peterson, cornerback do Arizona Cardinals, na National Football League (NFL), reclamou de uma polêmica marcação de arbitragem em um jogo da franquia. Na derrota para o Miami Dolphins, no dia 08 de novembro, o atleta reclamou de uma falta cometida por ele.

Patrick Peterson destacou que, na interferência em DeVante Parker, ele falou com um dos juízes de campo. O árbitro, entretanto, não viu a jogada como deveria. “Eu disse: ‘não encostei nele, então como você pode dizer que cometi uma interferência?’, e ele disse: ‘bem, do meu ângulo, parecia que você estava em contato com ele’. ‘Como assim ‘do seu ângulo’? Você não pode nem ver o recebedor porque ele está atrás de mim. Eu estava em uma cobertura perfeita. Eu não encostei nem toquei nele. Não fiz nada disso porque levo interferências para o lado pessoal, especialmente quando sei que não cometi a falta.”, afirmou o cornerback em entrevista coletiva.

Qual a solução?

Há, entretanto, uma saída para a NFL, na visão de Patrick Peterson. “O que eu proponho para a liga: precisamos de mais árbitros em campo. O back judge não consegue ver os recebedores, então os defensive backs estão em desvantagem. Inclusive, acredito que eles não estão apitando o jogo apropriadamente. Eles não veem o campo inteiro, então precisamos de mais olhos para ajudá-los”, afirmou.

Para finalizar, o atleta mandou um recado direito ao comissário da NFL. “Então, senhor Goodell, precisamos de mais olhos em campo para melhorar a arbitragem dos jogos. Atualmente, os recebedores levam muita vantagem. Eles empurram em todas as rotas, mas o juiz nunca consegue ver porque está bloqueado pelo defensor. Então, se queremos uma arbitragem melhor e que é igual para os dois lados, vamos colocar mais olhos em campo”, ratificou o jogador.

LEIA MAIS
Chamado de “bonitão” por companheiro, experiente quarterback da NFL afirma: “Ainda tenho gasolina no tanque e posso fazer muito mais”
Torcedor que usou laser para atrapalhar Tom Brady na NFL é condenado a pagar multa e jamais entrará em estádio novamente
Nike cancela lançamento de tênis que tinha bandeira dos EUA ligada à segregação racial após protesto de ex-jogador da NFL