Por onde andam os jogadores do Corinthians que foram campeões do Mundial de 2000?

Conquista foi histórica para o Timão, que entrou no torneio por ser o atual campeão nacional do país-sede

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Corinthians

O Corinthians comemorou em janeiro deste anos os 20 anos do título do Mundial de Clubes da FIFA de 2000, conquistado no Maracanã, contra o Vasco.

A equipe entrou no torneio por ser o atual campeão brasileiro. Isso porque a FIFA sempre reserva uma vaga ao representante do país-sede, que sempre é escolhido pelo último título nacional.

Os jogadores do Corinthians que estiveram no título mundial entraram para a história do clube, mas nem todos decolaram após o torneio. Alguns seguiram no clube, outros saíram e outros nem sempre são lembrados.

Veja abaixo por onde anda cada jogador campeão mundial com o Corinthians em 2000:

Dida – Titular absoluto e ídolo do clube, Dida aposentou em 2015, no Internacional, e atualmente é treinador de goleiros do Milan
Maurício – O ex-goleiro segue trabalhando no futebol como preparador de goleiros e auxiliar-técnico
Yamada – O ex-goleiro atualmente é um dos diretores das divisões de base do Corinthians

Índio – O ex-jogador segue morando em sua aldeia, Xucuru-Kariri, em Minas Gerais, e tem um projeto de criar um time só de indígenas para disputar campeonatos oficiais. O ex-lateral tem apoio de ídolos do Corinthians, como Vampeta e Casagrande
Daniel Martins – O ex-lateral reserva do Timão tem investido na carreira de treinador de futebol
Kléber – O ex-lateral mantém um projeto com crianças e jovens em Itaquera. Reapareceu em 2020 ao revelar ter pedido desculpas ao Timão após xingamentos na época que atuava pelo Santos. Kléber ainda admitiu que seu time do coração é o Corinthians
Augusto – O ex-lateral-esquerdo atualmente é treinador do time sub-20 do Goiás

Adilson – O ex-zagueiro é atual treinador de futebol e seu último trabalho foi no Cruzeiro, time que comandou até o início de 2020. Adilson chegou a treinar o Timão em 2010, mas ficou poucos jogos
João Carlos – Se tornou treinador após a carreira e seu último registro é de 2016, quando comandou o Villa Nova-MG
Márcio Costa –
Fábio Luciano – O zagueiro, que foi companheiro de Adilson no Mundial, atualmente trabalha como comentarista dos canais ESPN

Vampeta – O ex-volante se tornou comentarista e atualmente trabalha na TV Gazeta e na Radio Jovem Pan
Freddy Rincón – O capitão do Mundial de 2000 se tornou treinador e chegou a trabalhar na base do Corinthians. Se envolveu em polêmica após a aposentadoria ao ser preso por associação com narcotraficantes
Edu Gaspar – O ex-jogador aposentou no Corinthians, em 2009, e logo se tornou dirigente do clube. Passou pela Seleção Brasileira e atualmente é diretor de futebol do Arsenal, da Inglaterra
Marcos Senna – O ex-jogador se tornou ídolo na Espanha e atualmente é dirigente do Villarreal
Gilmar Fubá – O ex-volante foi diagnosticado com câncer há poucos anos e perdeu parte do seu patrimônio para cobrir o tratamento. Contou com a ajuda de amigos, se recuperou e atualmente trabalha na formação de atletas

Marcelinho Carioca – O ex-meia se formou em jornalismo, iniciou carreira como comentarista, entrou na política e no momento da publicação da reportagem é candidato à vereador em São Paulo
Ricardinho – O ex-camisa 11 do Timão tentou carreira como treinador e comandou equipes como Paraná e Londrina, mas não teve sucesso e aceitou proposta para ser comentarista do SporTV
Fernando Baiano – O ex-atleta virou dirigente esportivo após a aposentadoria e passou pela Portuguesa
Luís Mario – O ex-meia aposentou em 2015, com a camisa do Novo Hamburgo, e atualmente vive no Rio Grande do Sul

Luizão – O ex-jogador chegou a ser agente de jogadores após a aposentadoria. Atualmente se aventura no canal do Youtube Bem Posicionados, onde apresenta o programa Sapiando
Edílson – O ex-atacante se tornou comentarista e foi contratado em 2020 para ser fixo no programa “Os Donos da Bola”, comandado por Neto
Dinei – O ex-atacante participou de reality shows, participou de vários programas e atualmente, no momento da publicação da reportagem, é candidato a vereador em São Paulo

O Corinthians bateu o Vasco na decisão do Mundial de Clubes de 2000. A partida terminou empatada por 0 a 0 e o Timão venceu nos pênaltis.

Leia mais:
Presidente do Corinthians rechaça chance de rebaixamento, mas afirma: “se cair, sou o maior culpado”