Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Processos contra o Corinthians na Justiça ultrapassam R$140 milhões

Ações podem gerar prejuízo ao clube

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Divulgação/Site Oficial do Corinthians

O Corinthians tem 47 processos contrários na Justiça, sendo vários deles em status diferente, segundo levantamento publicado pelo site Meu Timão nesta sexta-feira (13).

Enquanto alguns estão sendo pagos, outros já estão quitados e alguns outros novos devem chegar ao jurídico do clube em um futuro próximo.

Se somados todos, os processos contra o Timão chegam a R$ 142 milhões, sendo a maioria deles de atletas que deixaram o clube e cobram direitos na Justiça do Trabalho.

Veja abaixo os status e os valores dos processos movidos contra o Corinthians:

Quitado: Marcelo Mattos – R$ 500 mil, Elisandro – R$ 428 mil, Diogo Rincón – R$ 570 mil – Bill – R$ 185 mil Rodrigo Sam – R$ 60 mil Wagner (basquete) – R$ 50 mil

Parcelado (em pagamento): J. Malucelli – R$ 20 milhões, Leandro Caires (futsal) – R$ 348 mil, América-MG – R$ 3.2 milhões, Valdin (futsal) – R$ 731 mil, Paulo André – R$ 750 mil

Sob recurso: Tcheco – R$ 920 mil, Instituto Santanense – R$ 1.6 milhão, Companhia de Engenharia de Tráfego – R$ 12 milhões, Jucilei – R$ 1 milhão

Condenado e aguardando bloqueio/parcelamento: Magrão – R$ 1.6 milhão. Daniel Portella (fisiologista) – R$ 246 mil, Estacionamento – R$ 21.5 milhões, Clodoaldo – R$ 925 mil, Willian – R$ 3 milhões, Marcos Roberto Fernandes (ex-controller) – R$1.3 milhão, Julio Suman (fisioterapeuta) – R$ 2,2 milhões, Karina Balestra (futebol feminino) – R$152 mil

Ações impetradas: Mauri Lima (preparador de goleiros) – R$ 2,6 milhões, Jonathas – R$ 2 milhões, J.Malucelli – R$ 1.3 milhão, Café (futsal) -R$ 45 mil, Contrapartidas da Arena – R$ 40 milhões – Mateus Pirulão – R$ 390 mil, Giovanni Augusto – R$ 925 mil, Penapolense – R$ 2.1 milhões, Marcus Vinícius – R$ 1.3 milhão, União Federal – R$ 6 milhões, Chicão – R$ 1.4 milhão, Nacional – R$ 2.6 milhão, Paulo Roberto – R$ 1.2 milhão, Juninho Capixaba – R$ 222 mil, Ibson – R$ 1 milhão, Maycon – R$ 1.2 milhão, Sidão (vôlei) – R$ 141 mil, Gabriel – R$ 1.1 milhão, Manoel – R$ 1.2 milhão, Luciano – R$ 75 mil, Gabriel Vasconcelos – R$ 56 mil, Vitalcred – R$ 500 mil, Morais – R$ 1.3 milhão, Lucas Gabriel – R$ 225 mil

Leia mais:
Torcedores do Corinthians pedem Romero e Balbuena de volta após exibição contra a Argentina