Flamengo: Spartak define valor para empréstimo de Pedro Rocha ser estendido até agosto de 2021

Atacante pode ser mantido no Flamengo mediante o pagamento do montante que foi estabelecido

Bruno Romão
23 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Segundo o jornalista Venê Casagrande, o Flamengo já conhece as condições para manter Pedro Rocha até agosto de 2021. Dessa forma, o Spartak Moscou aceitou estender o empréstimo do jogador, mas estabeleceu uma condição financeira para o acordo ser selado. Sendo assim, para a permanência ser assegurada, será necessário realizar o pagamento de 1.5 milhão de euros (R$ 9.57 milhões).

Diante disso, a decisão deve ser analisada pela diretoria do clube carioca nos próximos dias. Por conta da pandemia, foi necessário realizar adaptações para que o Rubro-Negro pudesse equilibrar suas contas. Recentemente, Domènec Torrent foi demitido, fazendo necessário com que a multa rescisória do treinador catalão fosse paga, assim como o valor para tirar Rogério Ceni do Fortaleza.

Além de Pedro Rocha, o Flamengo possui o interesse de manter Thiago Maia e Pedro. O camisa 21, inclusive, é um dos destaques do time na temporada, e voltou a ser convocado para seleção brasileira, algo que deve valorizá-lo no mercado. Mesmo com o euro em alta, Marcos Braz afirmou que a prioridade é analisar um plano para tentar manter o trio no clube.

Acompanhe as notícias do seu time do coração pelo Facebook

“Estamos nos movimentado. O euro não ajuda a gente, está mais de R$ 6, é um fato que complica. Sempre sou confiante em contratar jogador de seleção brasileira. Tem que ter calma e tranquilidade. Essa tentativa não vai ser diferente com o Thiago Maia e o Pedro Rocha. São jogadores que, dentro do possível, ajudaram muito até agora. Esse fato de Covid… Essa situação toda. Mas o Flamengo está tranquilo e vai se esforçar muito para manter esse elenco, não perdemos nenhum jogador, os que perdemos queriam sair e tinham outras alternativas”, declarou o vice-presidente de futebol em coletiva de imprensa.

LEIA MAIS