Boateng desafia Messi a se mudar para Nápoles em memória de Maradona

O ganês de 33 Kevin-Prince Boateng deu declarações desafiando Messi a se mudar para Nápoles em memória a Diego Maradona

Igor Mello
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução / @leomessi

Maradona faleceu no dia 25 de novembro e desde então a cidade de Nápoles foi tomada por uma grande comoção. Entre 1984 e 1991, Diego Armando Maradona representou as cores do Napoli, clube da cidade. Em sua passagem, o argentino conquistou dois títulos de campeão da Itália, uma Taça Itália, uma Supertaça da Itália e uma Copa UEFA (equivalente a Champions league).

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O jogador da seleção ganesa foi companheiro de Messi em 2019 no Barcelona e atualmente atua pelo Monza. Em declarações à ESPN Boateng afirmou: “Messi vai terminar seu contrato com o Barcelona, seria incrível que fosse para o Napoli”.

Além disso, Kevin-Prince salientou o que faria se estivesse no lugar do camisa 10 da seleção argentina: “Eles não utilizam mais o número 10, mas seria uma honra jogar um ano ou dois no Napoli, sem pensar em dinheiro, apenas no coração. Seria como um filme. Teria de ir treinar de helicóptero, os torcedores iriam querer comê-lo vivo. Ficariam muito feliz.”

O time de Nápoles prestou sua homenagem ao seu maior jogador trocando o nome do estádio. Hoje, o estádio em que a Napoli disputará suas partidas se chama Diego Armando Maradona.

Mudança de Barcelona

Desde o começo da temporada 2020/2021 tem havido especulações em relação para onde Messi vai. O atleta tentou sair do Barcelona em julho/agosto quando encerrou a temporada europeia.

Há especulações em torno da ida do argentino para o PSG visando se juntar novamente com Neymar. Além disso, no recesso para a nova temporada o camisa 10 foi especulado em Manchester para se juntar Guardiola. Com a pressão e sugestão de Boateng, todos aguardam para saber o futuro do craque do Barcelona.

Cristiano Ronaldo pode voltar ao Manchester United em uma troca com a Juventus

Griezmann rompe com Huawei em prostesto