Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Breno, Fellipe Bastos, Ramon e mais: Vasco começa reformulação para 2021

Vinculado ao Independiente, Martín Benítez tem situação indefinida no Vasco

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Rafael Ribeiro /Vasco

Faltando poucos dias para o fim da temporada, o Vasco já tem uma lista de dispensa. De acordo com o site “GE.com”, seis jogadores não estão nos planos do técnico Ricardo Sá Pinto. A diretoria, a princípio, projeta uma economia de R$ 1 milhão em salários com a reformulação.

Siga o Torcedores também no Instagram

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva

Os três principais nomes na lista são o zagueiro Breno, o lateral-esquerdo Ramon e o volante Fellipe Bastos. A eles se juntam o lateral-direito Rafael França, o meia Bruno Consedey e o atacante Lucas Ribamar. Desses nomes, apenas o último estava sendo escalado pelo treinador.

Outro que deve deixar São Januário é Martín Benítez. O Vasco, antes de mais nada, tentou costurar um novo acordo com o Independiente para estender o empréstimo até o fim do Brasileirão. Porém, o clube argentino alega ter outras ofertas e deseja negociá-lo em definitivo.

Por outro lado, nem todos os jogadores que tem contrato encerrando em dezembro foram liberados pelo Vasco. Com o clube lutando contra o rebaixamento, o treinador português optou em manter até fevereiro Marcelo Alves e Ygor Catatau.

O Torcedores.com fez levantou o desempenho dos integrantes da ‘barca’ do Vasco. Os números não são animadores. Afinal, muitos jogadores não corresponderam às expectativas e foram marcados pelos vascaínos. Confira!

Breno

Entre 2017 e 2020, o zagueiro disputou apenas 33 partidas e fez um gol com a camisa cruzmaltina. Nesse ínterim, acumulou uma série de lesões musculares e ligamentares. Ele não disputa desde agosto de 2018. Entrou em campo pela última vez na vitória sobre a LDU pela Copa Sul-Americana.

Bruno Cosendey

Surgiu como grande promessa nas divisões de base do Vasco. Porém, o meia não correspondeu às expectativas. Com pouco espaço no elenco principal, Cosendey foi emprestado em sequência ao Vitória de Guimarães, Criciúma e CRB. Ele Deixa o clube tendo disputado apenas 16 jogos pelo Gigante da Colina.

Fellipe Bastos

Considerado uma das lideranças do elenco, o volante entrou em rota de colisão com o técnico Ricardo Sá Pinto. Com isso, o jogador foi afastado do grupo e colocado para treinar à parte. Nesta temporada, Fellipe Bastos disputou 19 partidas e marcou quatro gols.

Lucas Ribamar

Contratado por indicação de Alberto Valentim em 2018, o atacante nunca caiu nas graças da torcida. Nesse ínterim, ele acumulou críticas pelas fracas atuações. Além disso, ficou marcado pelos gols que não fez. Em 2020, fez quatro gols em 30 jogos. O atacante está voltando para o Ohod Club, da Arábia Saudita.

Martín Benítez

O argentino foi contratado com status de craque em fevereiro. O camisa 10 disputou 26 partidas e marcou dois gols. Nesse ínterim, ele acumulou uma série de lesões musculares. Porém, Benítez deu um toque de qualidade ao time quando estava 100% fisicamente. O meia é desejado pelo Atlético-MG, Grêmio, Palmeiras e Santos.

Rafael França

Em 2012, o Rafael foi contratado para reforçar a equipe sub-15 do Vasco. É integrante da geração que revelou o lateral-direito Cayo Tenório, os meias Evander e Matheus Vidal, além do atacante Hugo Borges. Porém, nunca se firmou entre os profissionais. Nesta temporada, foi emprestado ao Paraná onde também não brilhou.

Ramon

Entrou em campo pela última vez contra o Athetico Paranaense pelo Brasileirão de 2018. A última partida oficial foi em 14 novembro. Ou seja, o jogador está inativo há dois anos. Nesse ínterim, ele acumulou quase 20 lesões e sequer esteve perto de retornar ao gramados. Aos 32 anos, o defensor encerra sua segunda passagem por São Januário.

LEIA MAIS:

Martín Benítez ensaia despedida do Vasco e fica perto de retornar ao Independiente

Flamengo acerta renovação com Pepê até junho de 2021

Benfica descarta jogador do Barcelona, oferecido ao clube no mercado da bola