Jornal argentino escreve despedida emocionada a Sabella: “obrigado por nos permitir sonhar”

Técnico foi o último a levar a Argentina a uma final de Copa do Mundo

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Twitter

Uma final de Copa do Mundo perdida pode ser a tristeza da vida de muitos, mas foi talvz a maior honra da vida de Alejandro Sabella, técnico da Argentina em 2014, que morreu nesta terça-feira (8), devido a complicações de um problema cardíaco.

O treinador, campeão da Libertadores e do Campeonato Argentino com o Estudiantes, comandou a seleção de 2011 a 2014 e ganhou a profunda admiração dos argentinos, especialmente pela campanha no Mundial do Brasil.

Fez com que Messi tivesse sua melhor fase com a camisa da Argentina e viu o craque ser eleito nada menos que o melhor jogador da Copa do Mundo de 2014.

Sabella morre menos de duas semanas após a Argentina chorar a morte de ninguém menos que Maradona, o que torna ainda mais emotiva sua despedida aos torcedores e até mesmo para a imprensa.

Isso pôde ser visto nas publicações do Diário Olé, um dos periódicos mais bem-humorados do país vizinhos, mas que escreveu palavras emocionadas em agradecimentos ao ex-treinador. Leia as publicações do Olé sobre Sabella:

“OBRIGADO por nos devolver a ilusão. Por ter nos permitido SONHAR em ser CAMPEÕES DO MUNDO novamente.

O destino não queria que você fosse o terceiro técnico a ganhar uma Copa do Mundo com a Argentina. Mas permitiu que você ganhasse o afeto eterno de todos nós.

ATÉ SEMPRE, SABELLA!”, escreveu inicialmente o jornal argentino, que não parou por aí e lembrou o dia em que Sabella por pouco não parou o “maior Barcelona de todos os tempos.

“Aquele que colocou o Estudiantes de La Plata de volta no MAIS ALTO da América!

Aquele que esteve muito perto de bater o que para muitos é o melhor time de TODOS OS TEMPOS, o Barcelona de Guardiola, com Messi!

ALEJANDRO SABELLA!”

Leia mais:
Você sabia? Alejandro Sabella teve passagem pelo Corinthians em ano de título brasileiro