Mackenzie Dern mira busca por cinturão dos palhas em 2021

Vitória sobre Virna Jandiroba foi a terceira da brasileira nascida nos EUA em 2021

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

Mackenzie Dern terminou 2020 com chave de ouro. No último final de semana, a brasileira-americana derrotou Virna Jandiroba no UFC 256 e conseguiu sua terceira vitória nas três lutas que fez pelo Ultimate no ano.

Antes de Jandiroba, Hannah Cifers e Randa Markos foram derrotadas pela às do jiu-jítsu, que tem sonhos ainda maiores para 2021: o de lutar pelo título da divisão dos palhas, este em posse da chinesa Weili Zhang.

“Talvez no final de 2021 lutar pelo cinturão. Com certeza, quero lutar com alguém que esteja melhor ranqueada do que eu. Não tenho pressa para lutar já em janeiro ou fevereiro, mas continuarei treinando e, se aparecer alguma luta em cima da hora, estarei preparada. Mas acho que minha próxima luta deve ser em março ou abril”, disse Dern ao canal de Youtube do UFC no Brasil

Para ter o sonho de lutar pelo título, primeiro deve-se esperar a resolução de quem será a próxima desafiante de Zhang ao cinturão da categoria, possivelmente a americana Rose Namajunas. Para seguir  buscando convencer Dana White a lhe dar o title shot tão sonhado, Mackenzie Dern afirma que também confiará em seu jogo de trocação, que vem demonstrando evolução.

“Sinto que as meninas vão ver a minha luta com a Virna e vão acreditar que, para me vencer, tem que ser na trocação. Porque a Virna também vem do jiu-jítsu e o ponto fraco dela foi a trocação comigo. A única coisa que quero melhorar é isso, porque se elas acham que sou ruim na trocação, já vão ter uma surpresa. Mostrei que é perigoso ficar em pé comigo”, disse.

LEIA MAIS

Brandon Moreno pede revanche contra Deiveson: “Estou pronto”

Dana White exalta Charles do Bronx por atuação contra Tony Ferguson

(Crédito da foto: Divulgação/Facebook Oficial UFC)