Enquanto New York pensa em Trevor Lawrence, Sam Darnold declara amor pela franquia: “Quero ser jogador do Jets por toda minha carreira”

Em entrevista coletiva, Sam Darnold respondeu sobre ameaça que Trevor Lawrence, provável escolha número um do Draft NFL 2021, representa para ele

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

O New York Jets é uma das piores equipes da National Football League (NFL). Com campanha 1-13 (ou seja, uma vitória e treze derrotas), a franquia tem a pior sequência da temporada 2020 – empatado com o Jacksonville Jaguars. Muitos acreditam que tal campanha, até certo ponto, é intencional. Explica-se: provável escolha número um do Draft NFL 2020, Trevor Lawrence é visto como um dos melhores quarterbacks do atual futebol americano universitário. Sam Darnold, atual titular da posição na franquia da Big Apple, falou sobre jogar na equipe.

Terceira escolha do Draft NFL 2018, advindo de USC Trojans, Sam Darnold mostrou amor pela franquia. “Eu amo estar aqui. Gosto das pessoas e adoro morar aqui. Sempre disse que quero ser jogador dos Jets por toda minha carreira. Mas não cabe a mim essa decisão”, derreteu-se, já falando de uma provável escolha de Trevor Lawrence no próximo Draft.

Em entrevista coletiva, ele mostrou foco para tentar recolocar a equipe nos trilhos. “Não me preocupo com essas especulações ou o que digam fora do nosso vestiário. Minha única preocupação é jogar bem nas últimas partidas que restam da temporada”, destacou Sam Darnold. Ironicamente, caso a equipe conquiste mais vitórias, a franquia sobe no Draft – e não terá chances de escolher Lawrence, de acordo com a mecânica do recrutamento.

É possível?

Na visão de Sam Darnold, ele pode dar alegrias para os torcedores de New York. “Acredito muito em mim. Se a organização quiser apostar em outro quarterback, não há nada que eu possa fazer. Mas sei que tenho condições de jogar pelos Jets. Se a organização quiser apostar em outro quarterback, não há nada que eu possa fazer. Mas sei que tenho condições de jogar pelos Jets”, finalizou o atleta.

LEIA MAIS
Chamado de “bonitão” por companheiro, experiente quarterback da NFL afirma: “Ainda tenho gasolina no tanque e posso fazer muito mais”
Torcedor que usou laser para atrapalhar Tom Brady na NFL é condenado a pagar multa e jamais entrará em estádio novamente
Nike cancela lançamento de tênis que tinha bandeira dos EUA ligada à segregação racial após protesto de ex-jogador da NFL