Vai receber? Presidente do Atlético-MG atualiza ‘caso Fred’

 

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Lucas Merçon - FFC - Divulgação

O imbróglio envolvendo Fred e Atlético não será definido na gestão de Sérgio Sette Câmara. A ‘briga judicial’ que teve início lá em 2017 deve ter um desfecho apenas na próxima temporada. Pelo menos esta é a previsão do atual presidente atleticano.

No clube, o otimismo é grande em ter uma vitória contra o atacante e, consequentemente o pagamento dos R$ 10 milhões, valor da cláusula imposta pelo Galo caso Fred assinasse com o Cruzeiro.

“O Atlético ganhou em primeira instância, foi unânime na Câmara Arbitral da CBF. O Fred recorreu para uma segunda câmara arbitral, como se fosse uma segunda instância. Ele recorreu para uma câmara arbitral recursal. Acredito que esse processo deva terminar até o mês de março de 2021 – declarou Sette Câmara, em entrevista à Rádio da Massa.

O Galo teve decisão favorável Câmara Nacional de Resoluções de Disputas. Fred, por sua vez, decidiu então acionar a Justiça do Trabalho e, depois, recorreu no Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA). Mais tarde, a defesa do jogador pediu a troca da árbitra eleita pelo Galo para participar do Tribunal Arbitral pois teria ligação profissional com um advogado do Atlético.

Tais alterações atrasaram ainda mais o processo, que deve ter um desfecho nos primeiros meses de 2021. Vale lembrar que o Atlético deve R$ 2 milhões a Fred e o valor será descontado no montante final em caso de vitória alvinegra no tribunal.

LEIA MAIS: