Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

GP de Melbourne pode ser adiado devido ao novo coronavírus

A tradicional corrida que abre a temporada da fórmula 1 na Austrália pode ser adiada devido as restrições do governo australiano

Igor Mello
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução / @f1

O Gran Prix da Austrália, disputado na cidade de Melbourne, está correndo o risco de ser adiado devido as novas restrições em relação ao coronavírus.

Este ano, a corrida de abertura está marcada para o dia 21 de março. Entretanto, tudo indica que a corrida será adiada, visto uma serie de novas restrições impostas pelo governo australiano. Todos os membros da Fórmula 1, que viagem para a competição, serão exigidos que fiquem 14 dias de quarentena antes de chegar ao país.

Ano passado, a corrida que acontece no Circuito de Albert Park em Melbourne, foi cancelada de última hora. O motivo foi que um mecânico da McLaren testou positivo para a COVID-19. A temporada da categoria durou 23 semanas com 17 corridas, na qual o inglês Sir Lewis Hamilton foi campeão pela sétima vez, igualando o alemão Michael Schumacher.

Stefano Domenicali, o CEO da categoria, tinha planejado 23 corridas para a nova temporada. Seria um novo recorde para a fórmula 1. Entretanto, isso está ameaçado com as notícias vindas da Austrália. O que se espera é que o GP de Melbourne vá para uma nova data e o GP do Bahrain (28 de março) se torne a nova data de abertura da temporada.

Em entrevista ao jornal inglês The Guardian, um porta voz da F1 afirmou:

“EM 2020 nos provamos que poderíamos voltar a correr em segurança e entregamos o que muitos pensavam impossível em março. Estabelecemos nosso calendário de 2021 e esperamos o retorno da F1 em março deste ano”

Sobre o GP da Austrália é esperado uma decisão ainda este mês.

Leia Mais

Haas mantem piloto acusado de assédio sexual para 2021

Red Bull confirma Sergio Perez ao lado de Verstappen na próxima temporada

Médico brasileiro é escolhido para alto cargo na FIA