Por onde andam os campões da Copa América de 2011 com o Uruguai?

Suárez, Cavani e Forlán formavam o ataque

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Facebook/AUF - Selección Uruguaya de Fútbol

A seleção do Uruguai fez história em 2011 ao voltar a conquistar um título de Copa América. A equipe deixou a dona da casa Argentina pelo caminho e bateu o Paraguai na final para ficar com o título.

Veja por onde andam os jogadores que fizeram parte daquela conquista:

Fernando Muslera – Convocado como jogador da Lazio, defende o Galatasaray desde 2011
Martín Silva – Convocado como jogador do Defensor, passou pelo Vasco e atualmente defende o Libertad
Juan Castillo – Convocado como jogador do Colo-Colo, o ex-Botafogo aposentou em 2018, no Fenix, do Uruguai

Diego Lugano – Chamado como atleta do Fenerbahçe, o jogador se tornou diretor do São Paulo após a aposentadoria, mas deixou o clube em dezembro após a troca de diretoria
Diego Godín – Ídolo do Atlético de Madrid, passou pela Inter de Milão e atualmente está no Cagliari
Sebastian Coates – Então promessa do Nacional, passou por Liverpool e Sunderland e se firmou no Sporting, de Portugal
Mauricio Victorino – No Cruzeiro à época, o atleta rodou por Palmeiras e outros clubes e segue em atividade pelo Danubio
Andrés Scotti – Já veterano em 2011, o ex-Colo-Colo aposentou em 2017, no Defensor
Martin Cáceres – Ex-Sevilla, passou com sucesso pela Juventus e atualmente defende a Fiorentina
Maxi Pereira – Ídolo do Benfica, trocou o clube pelo rival Porto em 2015 e se aposentou por lá em 2019
Alvaro Pereira – Com sucesso no Porto à época, o lateral rodou, passou até mesmo pelo São Paulo, mas atualmente está no modesto Sered, da Eslováquia

Arévalo Ríos – Convocado como atleta do Botafogo, passou pelo futebol mexicano e por vários outros mercados. Segue em atividade no futebol da Guatemala, onde defende o Sacachispas
Sebástian Eguren – Então no Sporting Gijón, da Espanha, passou pelo Palmeiras e aposentou em 2017, no Nacional, do Uruguai
Diego Pérez – O jogador foi convocado como atleta do Bologna e seguiu no clube até aposentar, em 2015
Gargano – Então ídolo do Napolo, o jogador passou ainda pela Inter de Milão e atualmente defende o Peñarol
Álvaro González – Convocado como atleta da Lazio, segue em atividade como jogador do Defensor
Nicolas Lodeiro – Então promessa do Ajax, fez sucesso no Botafogo, passou por Corinthians e Boca Juniors e está desde 2016 no Seattle Sounders, da MLS
Cristian Rodríguez – O meia foi convocado pelo Porto, passou pelo Atlético de Madrid e segue em atividade pelo Peñarol

Edinson Cavani – O atacante estava no Napoli, mas logo foi ao PSG, onde se tornou ídolo. Atualmente defende o Manchester United
Diego Forlán – Melhor da Copa do Mundo de 2010, foi convocado como atleta do Atlético de Madrid. Passou por Inter de Milão e Internacional e aposentou em 2018, no Kitchee, de Hong Kong. Se tornou técnico do Peñarol em 2020, mas foi demitido após 11 jogos
Luis Suárez – O atacante defendia o Liverpool, passou com sucesso pelo Barcelona e atualmente é jogador do Atlético de Madrid
Loco Abreu – O interminável atacante defendia o Botafogo no período e rodou por vários clubes desde então. Segue em atividade pelo Boston River, do Uruguai
Abel Hernández – O atacante defendia o Palermo e seguiu por vários anos no futebol italiano. Em 2020 foi contratado pelo Internacional

Leia mais:
Comentaristas, técnico campeão nacional e mais: Por onde andam os campeões da Libertadores com o Palmeiras em 99?