LeBron James e De’Aaron Fox criticam realização do All-Star Game NBA 2021: “É estúpido, não tenho energia e nem emoção”

Principal estrela da NBA, LeBron James se mostrou contrário à realização do All-Star Game na temporada; De’Aaron Fox também fez críticas

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Na pré-temporada da National Basketball Association (NBA), foi informado que, por conta da pandemia do coronavírus, o All-Star Game não seria realizado. No começo de fevereiro, entretanto, a liga mudou de ideia e realizará a peleja no dia 07 de março, em Atlanta. A realização do duelo foi criticada por jogadores das franquias que compõem a instituição.

Maior estrela da NBA hoje em dia, LeBron James foi um dos atletas que reclamou da realização da partida. “Não tenho energia e nem emoção para um All-Star Game este ano. Eu não entendo porque teremos o jogo”, disparou, em entrevista coletiva.

Para explicar o ponto de vista, Lebron James falou sobre a forma física dos jogadores. “Eu e meus companheiros tivemos uma offseason curta, cerca de 71 dias. Quando começamos a temporada, fomos informados que o All-Star Game não aconteceria. Então, teríamos cinco dias de descanso em março. A pausa seria uma oportunidade de recalibrar as forças para a segunda metade da temporada. Tanto para meus companheiros quanto para outros atletas da liga”, comentou.

Outras críticas

Quem também foi enfático foi De’Aaron Fox, armador do Sacramento Kings. “Eu vou ser brutalmente honesto: acho isso estúpido. Se tivemos que usar máscaras e fazer tudo isso para um jogo normal, qual é o sentido de trazer de volta o All-Star Game? Obviamente, o dinheiro faz o mundo girar. Então, é o que é”, vaticinou.

LEIA MAIS
Chamado de “bonitão” por companheiro, experiente quarterback da NFL afirma: “Ainda tenho gasolina no tanque e posso fazer muito mais”
Torcedor que usou laser para atrapalhar Tom Brady na NFL é condenado a pagar multa e jamais entrará em estádio novamente
Nike cancela lançamento de tênis que tinha bandeira dos EUA ligada à segregação racial após protesto de ex-jogador da NFL