Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Carson Wentz é trocado para o Indianapolis Colts

O quarterback Carson Wentz vai ser jogador do Indianapolis Colts na próxima temporada após ser trocado pelo Philadelphia Eagles

Érica Barros
Colaborador do Torcedores

Crédito: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports

Carson Wentz é trocado para o Indianapolis Colts após temporada ruim com o Philadelphia Eagles. Adam Schefter e Chris Mortensen, insiders da ESPN americana, noticiaram a troca na quinta-feira (18). 

O Indianapolis Colts recebe o jogador em troca de uma escolha de terceira rodada no draft de 2021 (70ª geral) e uma condicional de segunda rodada em 2022, que pode virar de primeira rodada caso Carson Wentz jogue 75% ou mais dos snaps na temporada – ou ainda caso jogue 70% e os Colts cheguem aos playoffs na temporada 2021. 

O quarterback de 28 anos perdeu a titularidade para o calouro Jalen Hurts na semana 13. Wentz foi substituído pelo rookie na metade do terceiro quarto da derrota para o Green Bay Packers, na semana 12. Mesmo não terminando a temporada como titular, ele foi o quarterback que mais sofreu sacks (50) e interceptações (15).

Os Eagles absorvem US$33,8M de dinheiro morto neste ano do contrato de Carson Wentz, recorde histórico da liga.

De candidato a MVP até a troca

Carson Wentz foi a segunda escolha geral do draft de 2016 pelo Philadelphia Eagles. Ele iniciou a temporada como titular após o time trocar Sam Bradford, titular na época, para o Minnesota Vikings. 

Em 2017, como segundanista, chegou a ser cogitado para o prêmio de MVP da temporada regular. Na semana 14, ele sofreu rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho e ficou de fora do resto da temporada, quando os Eagles se consagraram campeões do Super Bowl. O quarterback ainda sofreu com uma lesão nas costas na temporada seguinte, em 2018, participando de apenas 11 jogos.

Em 2019, os Eagles exerceram a opção de quinto ano do contrato do jogador e ainda renovaram com ele por mais quatro anos e US$128 milhões – sendo US$107M garantidos. Foi nesta temporada que ele jogou nos playoffs pela primeira vez, mas mais uma vez as lesões o impediram de jogar, sendo dessa vez uma concussão. 

Ele termina seus anos como um jogador do Philadelphia Eagles com 35 vitórias, 32 derrotas e um empate. Ele teve 1.562 passes completos de 2.492 tentativas para 16.811 jardas, 113 touchdowns e 50 interceptações. 

Agora, o jogador vai para um time que tem como head coach seu coordenador ofensivo de 2017, Frank Reich, que foi sua melhor temporada na NFL. Além disso, é um time que vem sofrendo para encontrar um quarterback titular após a aposentadoria de Andrew Luck.