Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Pai de Neymar detona árbitros, jornalistas e adversários na França: “Covardes do esporte”

Atacante ficará fora dos jogos do PSG por 4 semanas e não enfrentará o Barcelona nas oitavas de final da Liga dos Campeões

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Neymar Jr e Neymar pai - Instagram

O brasileiro Neymar da Silva Santos, pai do camisa 10 da seleção brasileira, detonou o técnico do Caen, da segunda divisão do Campeonato Francês. Após ver o filho virar desfalque nas oitavas de finais da Liga dos Campeões, o empresário criticou a forma como o atacante vem sendo atacado durante as partidas na França.

Leia mais: Apenas dois clubes do Brasil não fizeram gols no Mundial; veja Top-10

Neymar lesionou o adutor da coxa esquerda durante a partida pela Copa da França. Após o confronto, em entrevista ao ‘Eurosport’, o técnico Pascal Dubraz afirmou que “não ia chorar”, como o jogador do PSG, e acabou levando uma resposta dura do pai do atacante da seleção brasileira.

“Realmente meu filho tem que chorar, mas não pelo que você imagina, meu senhor… ele tem que chorar por existirem treinadores como você. (Por existirem) árbitros desse nível, ligas negligentes e omissas, jornalistas na grande minoria tendenciosos e covardes no esporte”, escreveu.

“Sim, ele tem que chorar… Mas o nosso choro e o dele, do meu filho, do atleta, da magia do futebol durará mais uma noite e após isso se levantará novamente, como sempre, para vencê-los”, completou Neymar pai em sua conta no Instagram.