Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cuesta, Danilo Barbosa e André Horta: Abel Ferreira abre o jogo sobre reforços e avisa sobre Borré: “Não vou esperar muito”

Abel Ferreira deixou claro que precisa pensar na saúde financeira do clube antes de buscar por reforços

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O técnico Abel Ferreira abriu o jogo sobre a busca do Palmeiras por reforços para a temporada de 2021 após a conquista da Tríplice Coroa em 2020, quando conquistou o Campeonato Paulista, a Libertadores e a Copa do Brasil. Em entrevista ao UOL Esporte, o comandante português comentou sobre os nomes especulados, como Santos Borré, do River Plate, Danilo Barbosa, do Nice, e André Horta, do Braga-POR.

+ Borré no Palmeiras: veja tudo o que sabemos sobre a negociação
Mercado da bola: veja quem pode chegar e quem pode sair do Palmeiras para 2021

“Gosto que a torcida conheça a realidade do clube. Vivemos num contexto difícil. Palmeiras e todos os outros. Quando ganha, a expectativa aumenta. Eu quero Cristiano Ronaldo, Messi, os melhores, mas no contexto temos que pensar bem no que fazer. Queremos aumentar a competitividade, mas temos que pensar no contexto. Todos temos que pensar muito bem no que vamos fazer. É da minha responsabilidade também como treinador, manter o clube com uma saúde financeira que nos permita menos turbulência”, afirmou o treinador.

Questionado sobre o interesse do Palmeiras por Borré, Abel Ferreira foi direito e deixou claro que não irá esperar muito pela conclusão do negócio. “Eu não vou esperar muito, eu não vou estar por aqui para toda vida. Quando pedi minha esposa em casamento, não demorou dois meses para responder. Comprei o anel, fiz o que tinha que fazer e pedi ela em casamento. E ela disse que queria. Há decisões que temos que tomar.”

“Eu, pessoalmente, gosto de trabalhar com três avançados [centroavantes]. Desses três, posso abrir com vocês, vou deixar uma vaga para um jogador da base, mas precisamos de outro centroavante. Nada de novo. Não é só o Abel, é o clube que também identificou esse ponto. É o clube quem identifica esses jogadores e passam para o treinador”, acrescentou.

CHEGADA DE DANILO BARBOSA:

O nome mais próximo de ser anunciado pelo Palmeiras é o do volante Danilo Barbosa, atualmente no Nice, da França. Abel Ferreira confirmou a busca pelo jogador, mas afirmou que o meio-campista não pode ser considerado como reforço.

“Foi um dos jogadores que foi proposto, não sei se assinou ou não, mas foi proposto porque o clube vendeu o Emerson [Santos], então não há reforço. O Danilo vem para preencher a vaga de um jogador que saiu. É repor, não reforço. Sai o Emerson e entra o Danilo. Sai um e entra outro, por empréstimo e com opção de compra. Se entrar, não sei”, explicou.

CLUBE NÃO PRECISA DE ANDRÉ HORTA:

O comandante Alviverde explicou que não pediu a contratação do meia português. “Não precisamos. É das coisas que não entendo, saem coisas que são mentiras. Nós temos muitos meias: Patrick, Danilo, Menino, Felipe, Zé Rafael e Raphael Veiga. Gosto muito dele, é grande jogador, mas está notícia interessa alguém, mas não é o Palmeiras.”

Abel ainda explicou que não indicou nenhum jogador ao clube. “O treinador do Palmeiras não contrata nenhum jogador. É assim que eu gosto de trabalhar. Eu gosto de fazer análises, gosto de ter duas ou três opções por posição”.

CUESTA INTERESSA?:

Temos Alan, Renan, Luan e Gómez. O Emerson vai sair, mas se vier o Danilo, ele faz o 2 em 1 – central e primeiro volante. Todos os nomes que possam falar, só faz sentido se o clube vender alguém. Vem o André Horta? Mas o Palmeiras vai vender o Patrick? Menino? Esses nomes só fazem sentido se vendermos alguém e eu não espero que vendam.

LEIA MAIS:
Abel Ferreira cita único inegociável do Palmeiras e comenta interesse do Grêmio em Luiz Adriano: “Todo treinador quer contar com ele”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes