Médico do Flamengo detalha reapresentação do elenco: “Nenhum atleta teve sintoma de Covid”

Elenco principal do Flamengo voltou aos trabalhos sem nenhum problema identificado

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Alexandre Vidal - Flamengo

Em vídeo divulgado nas redes sociais, Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo, avaliou a reapresentação do elenco. Dessa forma, o profissional revelou que nenhum atleta apontou estar com sintomas de Covid-19, e que os exames foram feitos normalmente, algo que facilitou os trabalhos no Ninho do Urubu. Gabigol, que foi flagrado em cassino clandestino, não foi citado, mas treinou normalmente.

“Hoje foi a representação dos nossos atletas, alguns por livre e espontânea vontade já tinham se apresentado anteriormente, e a gente ficou satisfeito com a condição que nossos atletas chegaram. Todos eles levaram cartilha específicas para que mantivessem algum nível de treinamento durante esse pequeno recesso. Hoje, foram realizados exames médicos, avaliações físicas e fisiológicas para a gente entender como esses atletas chegaram no nível de condicionamento. Nenhum atleta teve sintoma de Covid, nenhum atleta teve exame alterado em função disso, o que nos dá segurança para seguir nosso trabalho”, declarou.

Em contrapartida, Tannure revelou que Rodrigo Caio vai precisar de uma atenção especial do departamento médico. Isso porque a lesão na coxa do zagueiro foi agravada com sua participação no duelo contra o São Paulo.

“Foi passado o risco que seria, a gente sabia que teria um risco e decidimos juntos assumir isso até a própria vontade do atleta. Depois do jogo com o Inter, uma lesão foi constatada, ele se mostrou disposto a jogar o último jogo, juntos avaliamos e decidimos assumir. Após o jogo (do São Paulo) teve uma piora nessa lesão e ele vem tratando deste então“, expressou.

LEIA MAIS