Lakers All-Star? Jornalista afirma que Stephen Curry pode ir para LA em breve

De acordo com apuração da ESPN americana, LeBron James estaria convencendo Curry a defender os Lakers

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução / NBA

Além da qualidade técnica, uma das vantagens de contar com LeBron é sua capacidade de atrair craques para jogar ao seu lado. Os Lakers já se beneficiaram no passado e podem ver uma repetição disso em breve. Isso porque Brian Windhorst, jornalista da ESPN afirmou que o melhor jogador da NBA em atividade estaria recrutando Stephen Curry para se juntar à franquia de Los Angeles. Conforme citado por Brian, alguns pontos apontam para essa negociação. Segundo ele, as conversas aconteceram durante o tempo que os dois jogadores estiveram em Atlanta, para disputa do All-Star Game. LeBron chegou a citar sobre o prazer de jogar ao lado de Curry pela primeira vez.

“Ou você está com LeBron ou está contra ele”, disse Windhorst, no programa The Jump, da ESPN. “Se você está com ele hoje, você é amigo dele. Se você estará contra ele amanhã, ele será seu inimigo. Ele era um grande inimigo de Stephen Curry por quatro, cinco anos. Mas se existe uma janela aberta com essa abertura, com a chance de um ou dois por cento, de ter Curry ao seu lado no Lakers, ele será seu amigo. Só que, se ele assinar a extensão com o Warriors, ele será seu inimigo de novo”.

Brian Windhorst citou o exemplo de Kyrie Irving para exemplificar a possível transferência do armador para os Lakers. LeBron teria ficado chateado com a ida de Irving para o Boston Celtics em 2017-18. Duas temporadas depois, o astro de LA tentou trazer seu colega para atuar novamente ao seu lado, mas ele optou por atuar no Brooklyn Nets.

“Há dois anos, LeBron voltou a ser amigo de Kyrie Irving quando ele seria agente livre, por uns três ou quatro meses, mas aí Irving fechou com o Brooklyn Nets e voltou a ser seu inimigo”

Situação contratual de Curry

O armador tem contrato com o Golden State Warriors até a próxima temporada. Mas ele pode optar por estender o acordo por mais cinco anos. Dessa forma ele ganharia mais de US$ 200 milhões para se manter na franquia até os 38 anos de idade. Mas caso ele opte por se transferir para os Lakers para formar um supertime, os valores seriam menores, inclusive com uma duração menor do tempo contratual.

Vale lembrar que LeBron e Curry já decidiram o título da NBA em quatro finais consecutivas. Isso ocorreu na época que James defendia o Cleveland Cavaliers. E Stephen levou a melhor em três delas, sendo derrotado apenas na temporada 2015-16.

LEIA MAIS:

Susto no ar! Avião do líder da NBA faz pouso forçado após choque com pássaros

Head coach do Lakers, Frank Vogel elogia Andre Drummond, novo jogador de Los Angeles: “Um do melhores pivôs da liga”