General manager do Rockets dá indireta em Victor Oladipo: “Não se encaixava no nosso time, não me arrependo da troca”

Rafael Stones, dirigente da franquia do Texas da NBA, afirmou que Victor Oladipo “não se encaixava no time” e que “não se arrependeu da troca”

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

O último período da free agency (período de trocas) da National Basketball Association (NBA) 2020/2021 foi intenso. Uma das transferências teve Victor Oladipo como destaque. Antes no Houston Rockets, o armador foi enviado para o Miami Heat. Rafael Stone, general manager da franquia do Texas, declarou que está satisfeito com o negócio.

Dando a entender que há alguma história nos bastidores que a imprensa desconhece, Stones destacou que o atleta não estava alinhado com o projeto. “Nós, como organização, decidimos que Victor Oladipo não se encaixava no nosso time. Vocês não tem a vantagem de saber as coisas que eu sei, mas eu não me arrependo de ter feito aquela troca. Eu não pensei duas vezes”, destacou o general manager em coletiva de imprensa.

Complementando o negócio

Na troca que envolveu Victor Oladipo, Avery Bradley e Kelly Olynyk saíram do Heat e foram para o Rockets. Além disso, os texanos receberam escolhas para o Draft NBA 2022. Os novos atletas do elenco de Houston também foram elogiados por Stones. “Uma das vantagens de uma reestruturação é que há espaço para veteranos. Eles estabilizam influências, ajudam os jogadores mais jovens a terem um bom desenvolvimento”, finalizou o general manager.

Selecionado pelo Orlando Magic no Draft NBA 2013, Victor Oladipo jogou no Indiana Hoosiers na National Collegiate Athletic Association (NCAA). Depois, ele passou por Oklahoma City Thunder, Indiana Pacers e Rockets antes de chegar ao Heat.

LEIA MAIS
Chamado de “bonitão” por companheiro, experiente quarterback da NFL afirma: “Ainda tenho gasolina no tanque e posso fazer muito mais”
Torcedor que usou laser para atrapalhar Tom Brady na NFL é condenado a pagar multa e jamais entrará em estádio novamente
Nike cancela lançamento de tênis que tinha bandeira dos EUA ligada à segregação racial após protesto de ex-jogador da NFL