Boselli diz que errou ao escolher o Corinthians, revela dívida e critica demissão na TV

Atacante argentino deixou o Corinthians após duas temporadas sem grande brilho. Boselli valorizou a estrutura, o tamanho e a torcida alvinegra

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: . Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O argentino Mauro Boselli revelou nesta quinta-feira (1º) que o Corinthians ainda deve um “montão de dinheiro” ao jogador. Em entrevista ao 90min, o atacante falou sobre a sua passagem pelo clube alvinegro e ressaltou que errou ao escolher o time por causa do estilo de jogo.

Casagrande testa positivo para a Covid-19 e é afastado da Globo

“Errei ao escolher o Corinthians. Eu não me encaixava no estilo de jogo do time. Ainda me devem um montão de dinheiro. Estamos vendo uma forma de saldar essa dívida”, disse Boselli, que ressaltou logo em seguida: “Se você me perguntar hoje, eu tomaria a mesma decisão, porque o Corinthians é magnífico.”

“Não somente em relação à estrutura, que é espetacular, mas também à torcida e tudo que move o Corinthians. Meu erro foi na escolha. Eu não me encaixava no estilo de jogo do time. Isso dificultou as coisas para mim”, comentou.

Boselli chegou ao Corinthians no começo de 2019, quando a equipe tinha acabado de acertar o retorno de Fábio Carille. O técnico acabou saindo meses depois após problemas com o elenco e resultados ruins. Meses depois, Tiago Nunes acertou com o clube e o argentino fez um bom Paulistão em 2020.

Dois reforços certos, saída de titular e mais: veja as notícias do Corinthians

“No meu segundo ano no Corinthians, mudou o treinador. Chegou um técnico [Tiago Nunes] que me ajudava muito mais no que eu podia fazer como jogador de futebol, como centroavante. Comecei o ano muito bem. Antes da pandemia, a gente tinha jogado 11 partidas, eu tinha marcado seis gols e dado três assistências. Uma arrancada incrível”, destacou.

Série da Globo divulgou demissão de Boselli

Com fim de contrato em dezembro do ano passado, a reunião que encerrou a passagem pelo Corinthians foi divulgada na série Acesso Total, do Globoplay. O argentino revelou uma chateação com a divulgação sem qualquer aviso.

“Obviamente, eu não fui consultado. Ninguém me disse: ‘Olha, vamos mostrar esse episódio da demissão’. Eu também não esperava que fossem mostrar isso. Mas foi uma formalidade, mais para as câmeras do que pra outra coisa. Eu já sabia, dois ou três meses antes, que não seguiria no Corinthians, quando deixei de ser convocado para as partidas”, disse.

Brasileirão: Confira onde estão os últimos 15 artilheiros do campeonato

Me doeu depois. Me dá um pouco de tristeza pela forma como expuseram na televisão. Mas é parte do que é o Corinthians e do que precisam vender para fora do clube. Realmente, não dei muita bola pra isso. Preferia que [a reunião] não tivesse se tornado pública. Não há por que saírem essas coisas. Mas dou a importância que merece. A decisão já estava tomada há muito tempo”, concluiu Boselli.