Retorno ao Palmeiras? Mattos avalia cenário se Leila Pereira for eleita presidente do clube

Ex-dirigente do Palmeiras não descartou volta ao time alviverde em um futuro próximo

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Cesar Greco - Palmeiras

Em entrevista ao programa “Mesa Redonda”, Alexandre Mattos foi questionado sobre um possível retorno ao Palmeiras. Como Leila Pereira pode assumir a presidência nas próximas eleições, o diretor de futebol pode ser um dos nomes cotados para assumir, mais uma vez, a direção de futebol. Mesmo assim, ele fez questão de não colocar nenhum tipo de pressão na dona da Crefisa, afirmando que a relação entre os dois não será abalada em caso de outra escolha.

“A Leila vai fazer o bem para o Palmeiras. Se ela entender que precisa de um profissional com uma característica específica, ela vai atrás, se for eu, a mesma coisa, mas a minha amizade e a minha torcida por ela e pelo clube será para sempre“, declarou à “TV Gazeta“.

Além disso, Mattos destacou seu trabalho nos clubes que passou. Em especial, no Palmeiras, o ex-diretor de futebol comandou uma revolução dentro e fora dos gramados, algo que resultou nos títulos da Copa do Brasil de 2015, e do Brasileirão em 2016 e 2018.

“Quando eu cheguei, tinha muita dívida com o Paulo Nobre, não tinha estrutura e tivemos que fazer tudo. Palmeiras foi o momento de ganhar maturidade. Foi excepcional e muito precioso para mim, fui um cara intenso dentro do Palmeiras, tive um legado no Palmeiras. A gestão sempre foi minha grande contratação. Sempre peguei time que precisava ser reconstruído. A gestão deu títulos, resolveu a parte financeira, começou a pagar em dia, deu resultado nos balanços… Foi só superávit. No Palmeiras foi uma reconstrução bem completa, incluindo a categoria de base. Quebramos paradigmas e passamos por cima de muita coisa, e contribuiu com aquela confusão quando eu estava saindo”, acrescentou.

LEIA MAIS