McGregor diz que não irá mais fazer trilogia com Dustin Poirier

Polêmica sobre doação não feita pelo irlandês à instituição de americano movimentou a semana no MMA

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook UFC Brasil

No começo desta semana, Conor McGregor e Dustin Poirier entraram em pé de guerra no Twitter. Tudo devido a uma declaração do americano sobre uma doação não feita pelo irlandês à instituição de caridade do americano E tal polêmica pode fazer até mesmo a luta entre ambos ser cancelada.

No Twitter, McGregor declarou que a luta entre ele e Poirier não irá mais acontecer por causa dessa tal polêmica sobre uma doação de US$ 500 mil que o ‘Notorious’ havia prometido ao ‘Diamond’ para sua ONG, a ‘The Good Fight Foundation’ antes da luta entre ambos em janeiro. E que não teria sido paga até agora.

“Você está ferrado, seu caipira. Por que você pisca com as orelhas? Seu caipira desmiolado. 500 mil sem nenhum plano. Espere sentado, seu idiota. Você não deve conhecer nada sobre dinheiro. Aliás, a luta está cancelada. Irei arranjar outro para lutar em 10 de julho. Boa sorte com seu contrato antigo”, disparou o irlandês.

No Twitter, Poirier cobrou publicamente McGregor sobre a tal doação e isto iniciou uma troca de farpas na qual o irlandês respondeu afirmando que não doou o dinheiro por não ter visto planos de como este seria usado (a princípio, para a criação de uma academia de artes marciais para jovens). O americano rebateu dizendo que não teve contatos sobre se o dinheiro iria chegar ou não e a briga começou.

O Ultimate planeja que a trilogia entre ambos aconteça em julho. Na primeira luta, em 2014, vitória do irlandês, que foi derrotado pelo americano na revanche, em janeiro.

LEIA MAIS

Khabib não acredita que McGregor possa retomar auge no MMA

(Crédito da foto : Divulgação/Facebook UFC Brasil)