Tino Marcos critica jornalista Leda Nagle por fake news sobre Lula mandar matar Bolsonaro

Tino Marcos relembrou parceria com a jornalista e lamentou sua postura na web

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação

Um vídeo compartilhado na web de uma live da jornalista Leda Nagle, onde ela espalha uma fake news sobre Lula e o presidente Jair Bolsonaro gerou muita repercussão neste começo de semana. Nesta segunda-feira (19), o ex-repórter da Globo, Tino Marcos, criticou a apresentadora.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Que tristeza, Leda. Que pena terminar desse jeito. Tem ideia do que pode mover uma fake news como essa? Lembro de Leda furando uma greve nacional em 1986. Quase foi apedrejada ao entrar na emissora pra apresentar o JH. Mas nunca imaginei que chegaria a esse ponto de hoje”, escreveu o jornalista no Twitter.

Na live, Leda tinha reproduzido um suposto plano do ex-presidente Lula junto com membros de STF para matar Jair Bolsonaro. “O STF quer acabar com o presidente. Eles não irão conseguir por um motivo bem forte, mais da metade das cadeiras dos urubus de capa preta receberam propina e antes que caia meu perfil novamente vou dizer para vocês, a ideia de matar Bolsonaro”, disse ela.

“Algum membro do grupo, por má-fé porque ficou impactado pela notícia, pinçou um trecho de 2 minutos de uma live de 47 minutos e viralizou antes mesmo que eu tivesse voltado com a checagem completa da informação”, explicou a jornalista ao admitir que a informação foi enviada em grupo privado e que ela faria a checagem da notícia.

LEIA MAIS: