America diz ter um título brasileiro e quer reconhecimento da CBF

America enfrentou grandes equipes do futebol brasileiro quando venceu torneio em 1982

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ CBF

Antes de mais nada, o America trabalha para que a Confederação Brasileira de Futebol reconheça um dos títulos mais importantes da sua história: o Torneio Campeão dos Campeões. A competição, que tinha a chancela da CBF, foi conquistada em 1982.

Os dirigentes do America apresentaram o pedido, que se baseia em padrão já definido pela própria CBF. Afinal, a Resolução da Presidência – RDP 03/2010 trata da “Unificação dos Títulos Brasileiros de Clubes”. Em 2010, só para exemplificar, a entidade reconheceu como oficiais as conquistas da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa.

Com isso, clubes como Palmeiras e Santos se tornaram os maiores campeões brasileiros da época. Dessa forma, eles superaram Flamengo e São Paulo em número de taças: 8 x 6. Hoje, o clube do Palestra Itália é detento de 10 títulos nacionais.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

O reconhecimento pela CBF do título de Campeão dos Campões de 1982 marca um momento histórico na vida do America, que conta com 116 anos de existência e continua sendo a meca dos amantes do futebol.

Torneio dos Campeões

Em 1982 todas as atenções do mundo do futebol estavam voltadas para a Copa do Mundo FIFA. Além disso, não é exagero afirmar que o Brasil tinha a melhor equipe desde o tricampeonato no México em 1970.

O foco era tanto que, para que a Seleção tivesse tempo para a devida preparação, os campeonatos estaduais teriam início somente em julho, após a final do principal torneio de seleções do Planeta.

Por isso, a CBF organizou e promoveu o Torneio dos Campeões, reunindo todos os campeões e vice-campeões brasileiros e do Torneio Rio-São Paulo. O America foi convidado por ter o maior número de participações nessas competições. Com a desistência do Flamengo, o Santa Cruz o substituiu.

Dezoito equipes participantes foram divididas em quatro grupos, com quatro ou cinco clubes. Todas se enfrentaram em turno e returno. Os campeões dos turnos se enfrentaram nas quartas de final. Nas semifinais, o America superou a Portuguesa e o Guarani, o Bahia.

Em 12 de julho de 1982, o America sagrou-se Campeão dos Campeões de forma invicta depois de vencer o Guarani por 2×1 no Maracanã, diante de pouco mais de 12 mil pessoas. Entraram em campo: Gasperin; Chiquinho, Duílio, Everaldo e Zedilson (Sérgio Pinto); Pires, Gilberto e Eloi (João Luiz); Serginho, Moreno e Gilson Gênio. O técnico era Dudu.

LEIA MAIS: 

Morre o técnico que revelou Philippe Coutinho do Barcelona, Rony do Palmeiras, entre outros 

Técnico com passagem bem-sucedida pela base do Flamengo assume time da Série A2 do Carioca 

Americano contrata volante campeão da Copa do Brasil com o Flamengo para a Série A2 do Carioca