Coritiba acerta retorno de zagueiro ao clube após 13 anos

Henrique Buss vai assinar contrato com o Coxa até dezembro de 2021

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Coritiba

O Coritiba atendeu mais um pedido do técnico Gustavo Morinigo, por ter um jogador experiente para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O clube acertou o retorno de Henrique Buss. A informação foi divulgada primeiramente pelo jornal “A Bola” e posteriormente confirmada pelo Torcedores.com.

A reportagem apurou que o zagueiro vai assinar contrato com o Coritiba até dezembro de 2022. O acordo, porém, só será oficializado após o jogador se desligar do Belenenses. Afinal, a equipe ainda tem mais três partidas para disputar no Campeonato Português.

“A saída está encaminhada. Fiquei muito feliz quando surgiu este interesse porque é um clube muito especial para mim. Felizmente o presidente (Rui Pedro Soares) entendeu a minha opção. Vou levar muitas coisas boas do Belenenses”, disse o jogador.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A princípio, Henrique Buss se apresentará ao Coritiba no fim de maio. Ou seja, ele será incorporado ao elenco alviverde para a disputa da segunda divisão. Sua estreia deve acontecer contra o Avaí, dia 28 ou 29, no Couto Pereira.

Com um currículo vitorioso, Henrique Buss tem seu nome marcado na história do Coritiba. Revelado pelo clube, o defensor disputou 100 partidas e marcou 12 gols entre 2006 e 2008. Além disso, conquistou a Série B do Campeonato Brasileiro em 2007.

A carreira de Henrique Buss

Nascido em Marechal Cândido Rôndon, Henrique Adriano Buss foi formado nas divisões de base do Coritiba. Ele, inclusive, é integrante da geração que revelou o Rodrigo Mancha, Pedro Ken, Marlos e Keirrison.

Após deixar o Alto da Glória, o defensor atuou por Palmeiras, Fluminense e Corinthians. No exterior, passou pelo Bayer Leverkusen, da Alemanha; Racing Santander, da Espanha; Napoli, da Itália; Al Ittihad, dos Emirados Árabes e Belenenses, de Portugal.

Nesse ínterim, conquisto a Copa do Brasil (2012), a Série B do Campeonato Brasileiro (2007 e 2013), a Copa da Primeira Liga (2016), o Campeonato Paulista (2008. 2018 e 2019), a Copa da Itália (2013/2014) e a Supercopa da Itália (2014).

Em 2014, Henrique foi convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari para a disputa da Copa do Mundo. Fez sua estreia na vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia nas quartas de final do Mundial. Além dele, Thiago Silva, David Luiz e Dante eram as outras opções do treinador.

LEIA MAIS: 

Fluminense acerta empréstimo de volante para o Goiás até o fim de 2021 

Aposta do Flamengo para a lateral, Ramon deixa boa impressão em estreia com Rogério Ceni 

Em baixa, Hugo Souza sofre questionamento interno após início promissor no Flamengo