Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Crespo comemora atitude em reação do São Paulo no clássico com o Corinthians

Tricolor empatou no finalzinho a partida contra o Timão neste domingo (2) na Neo Química Arena

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc

O São Paulo segue sem vencer o Corinthians na Neo Química Arena desde sua inauguração. Mas neste domingo conseguiu evitar que sua série invicta na temporada se encerrasse ao empatar no finalzinho com o Timão com gol de pênalti de Luciano.

Apesar da vitória não vir, Hernán Crespo não teve motivos para lamentar o empate. O espírito de luta dos jogadores do Tricolor foi bastante elogiado pelo treinador são-paulino, que comemorou o fato de time conseguir mostrar poder de reação no clássico.

“Nós queremos jogar sempre um tipo de futebol mas não podemos porque o adversário sempre coloca dificuldades. Acredito que o time aprendeu que há momentos em que temos de jogar e outros em que temos que lutar. E este time luta”, disse Crespo.

“Este jogo me dá a impressão de que temos um time completo. Quando deve jogar, joga e quando tem que lutar, luta até o fim”, completou o argentino.

Visando a Libertadores, Crespo decidiu colocar vários reservas em campo na partida deste domingo. Alguns titulares, como Luciano, entraram durante o jogo e Daniel Alves sequer foi relacionado. Para explicar a situação de seu time durante o duelo, o treinador  citou a disposição corintiana durante parte do jogo e que fez com que o Timão virasse a partida a seu favor.

“O rival (Corinthians) jogou num nível superior ao que estava demonstrando. O São Paulo tentou jogar em seu estilo e forma. Mas quando o jogo pede batalha, coração e paixão, é um time que está vivo. A situação que passamos hoje foi de grande maturidade para o time. Estamos crescendo e este é o tipo de jogo que precisamos para seguir crescendo. Às vezes dá e outras não”, argumentou.

LEIA MAIS

Corinthians empata com o São Paulo e mantém tabu em Itaquera; veja os gols

As melhores notícias de esportes, direto para você