Dirigente do Grêmio cita feitos e conquistas após jornalista perguntar se Renato demorou a sair: “Chega ou quer mais?”

Vice-presidente de futebol Marcos Herrmann conversou com o jornalista Luiz Carlos Reche no programa Cadeira Cativa

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Grêmio

Em participação no programa Cadeira Cativa, da Ulbra TV, comandado pelo jornalista Luiz Carlos Reche, o vice-presidente de futebol gremista Marcos Herrmann não concordou com a opinião de que Renato Portaluppi demorou a ser tirado do cargo de treinador do clube. E citou uma série de feitos e conquistas para deixar claro que o ex-treinador, em sua visão, está em “outro patamar”.

Reche: O Renato foi importantíssimo nos últimos quatro anos e sete meses, não tem problema nenhum. Mas o Grêmio não demorou demais para trocar o Renato? Aquele enfrentamento contra o Palmeiras não era suficiente para dizer “deu”?

Herrmann: Eu quero te fazer uma correção. Renato não foi importante nos últimos quatro anos no Grêmio. Renato foi importante nos últimos quarenta anos do Grêmio. Ele nos deu duas Libertadores e um Mundial. Chega ou tu quer mais? Tem Copa do Brasil, Gauchões, como jogador e treinador. Não vamos discutir o Renato. O Renato está em outro patamar. Se eventualmente ele não fez o seu melhor ano, isso faz parte e o futebol é um jogo. 

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Veja o diálogo a partir de 53:25 do vídeo abaixo:

Renato, por sua vez, segue disponível no mercado desde a saída do Grêmio. Recentemente, o ex-gremista recusou propostas de Santos e Corinthians, admitindo que dará preferência por um trabalho no Rio de Janeiro. O trabalho no Grêmio durou praticamente cinco anos e gerou ao clube títulos do porte de Copa do Brasil e Libertadores.

O seu substituto, Tiago Nunes, se mantém invicto no comando do time há 9 jogos já com um título do Gauchão sobre o Inter no período.

LEIA MAIS:

Matheus Henrique relembra provocação de Galhardo e solta palavrões em resposta ao rival: “Cheirinho é o meu…”

Rafinha estranha expulsão e cutuca Inter após título do Grêmio: “Me tirar do jogo conseguiram, o título não”

Siga o autor:

No Instagram

No YouTube