Flamengo mantém postura e não reduz pedida para Rodinei ser comprado pelo Inter

Lateral-direito deve voltar ao Flamengo a partir de junho

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Ricardo Duarte - Inter

Após rumores sobre uma possível redução na cláusula de compra de Rodinei, a situação foi esclarecida. Segundo informações do jornalista Venê Casagrande, o Flamengo segue com a mesma postura: aguarda o pagamento do valor acertado ou espera o retorno do lateral-direito, que deve ser usado por Rogério Ceni no segundo semestre.

Dessa forma, a diretoria rubro-negra irá apenas liberar o atleta mediante o pagamento de 4 milhões de euros (R$ 25.6 milhões). Por conta da alta pedida, o Colorado está ciente que Rodinei vive seus últimos dias no clube. Sendo assim, uma reviravolta é um cenário praticamente improvável de acontecer.

Em entrevista coletiva, o lateral-direito evitou cravar sua volta ao Flamengo a partir de junho. Mesmo assim, admitiu que é a primeira vez que uma situação desse tipo acontece em sua carreira. Agora, antes da sua possível despedida, o jogador pode conquistar o título do Campeonato Gaúcho.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Nunca passei por isso (fim de contrato com futuro indefinido) na minha carreira. Vou ser bem sincero: isso não me preocupa em nada. O que me preocupa é defender as cores do Inter, como fiz desde meu primeiro dia e será assim até o último. O que vai acontecer, não cabe a mim falar, mas a meu empresário e as diretorias dos clubes (Internacional e Flamengo). Cabe a mim dar a vida a cada jogo para fazer meu melhor e deixar o Inter na melhor situação”, declarou.

LEIA MAIS