Fluminense x Flamengo: Acompanhe o jogo em tempo real do Campeonato Carioca

Clássico repete finalíssima da edição passada do Carioca. Naquela oportunidade, rubro-negro levou a melhor, vencendo as duas partidas

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino.

Crédito: Lucas Merçom - Divulgação - Fluminense

Cercados por uma grande rivalidade, Fluminense x Flamengo iniciam neste sábado (15), às 21h05 (de Brasília) a decisão por mais um título estadual. Maiores campeões no Rio de Janeiro, Tricolores e Rubro-negros chegam à decisão sem nenhum tipo de vantagem sobre o outro.

Enquanto o Fla tenta engatar mais um tricampeonato no currículo vasto de triunfos, o time das Laranjeiras tenta quebrar um amargo jejum de nove anos sem faturar o Estadual, a maior “seca” entre os quatro grandes.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

OS TIMES

Diante da maratona de jogos em função da Copa Libertadores, o técnico Roger Machado só pôde comandar um treinamento com o elenco completo do Fluminense. Apesar de ter embate decisivo pelo torneio continental já na próxima terça-feira (18), o Tricolor das Laranjeiras vai com o que tem de melhor para o embate frente aos rubro-negros.

O Flamengo vai para o clássico com quase todos os jogadores titulares, a única baixa será a ausência de Diego Alves, que segue tratando uma fibrose. Recuperados de problemas musculares, Rodrigo Caio e Gérson estão de volta.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X FLAMENGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: Sábado, 15 de maio de 2021
Hora: 21h05 (de Brasília)
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus
Assistentes: Luis Cláudio Regazoni e Michael Correia
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago e Nenê; Kayky, Fred e Luiz Henrique
Técnico: Roger Machado

FLAMENGO: Diego Alves (Gabriel Batista), Isla, Willian Arão, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique) e Filipe Luís; Diego Ribas, Gerson (João Gomes) e Arrascaeta; Everton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique
Técnico: Rogério Ceni

LEIA MAIS: