Neto aposta em dois clubes que Renato Gaúcho pode assumir: “Vai pegar um time formado”

Após deixar o Grêmio, Renato Gaúcho está livre no mercado

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Em seu canal no YouTube, Neto avaliou a possibilidade de Renato Gaúcho trabalhar no Corinthians em um futuro próximo. Em sua visão, o clube não iria ter condições de pagar o treinador, além de conseguir formar um time competitivo para que um trabalho de qualidade fosse desenvolvido, assim como ocorreu no Grêmio.

“A questão não é o Renato Gaúcho aceitar treinar o Corinthians. A questão é que o Corinthians não tem dinheiro pra contratar ele. O Renato não vai querer vir com esse time, com tudo aquilo que fez no Grêmio, declarou.

Dessa forma, Neto acredita que Renato pode esperar uma oportunidade para treinar em dois times com ótimos elencos: Flamengo ou Atlético-MG. Atualmente, Rogério Ceni busca se firmar no Rubro-Negro, e Cuca possui o mesmo objetivo, mas nenhum deles, até o momento, conseguiu ter aprovação unânime dos torcedores.

“Eu acho que ele vai esperar o Ceni cair, ou Cuca no Atlético-MG. Vai pegar um time formado, não vai entrar em uma fria dessa”, completou.

OFERTA DO SANTOS

Em entrevista ao programa “Bem, Amigos!”, Renato Gaúcho confirmou que esteve na mira do Santos. No entanto, as tratativas não avançaram, e o Peixe acabou contratando Fernando Diniz. Mesmo assim, o técnico não descartou treinar a equipe no futuro.

“Tive proposta do Santos na semana passada. Tive algumas conversas muito boas com o presidente, que tem ideias maravilhosas. Mas coloquei para ele que, no momento, gostaria de descansar um pouco, curtir minha família e meus amigos. Ele falou que me esperaria por um mês, que era só dar a palavra. Mas falei que, infelizmente, não dava. Fiquei agradecido, é um grande clube, mas eu preciso descansar e não sei como seriam 30 dias. Poderia não cumprir a palavra. Mas quem sabe no futuro?”, explicou.

LEIA MAIS

Renato detona pessoa ligada ao Grêmio que “só atrapalha” e revela ter chorado com Bolzan na despedida

Livre no mercado, Renato Gaúcho define prioridade após recusar time da Série A