Neymar aponta fatores negativos do seu estilo dentro de campo: “Jogar contra os adversários e a arbitragem”

Peça-chave do PSG, Neymar precisa lidar com a marcação pesada dos adversários

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação - PSG

Após a vitória do PSG sobre o Lens, o time parisiense volta suas atenções para a Liga dos Campeões. Fora de casa, Neymar e companhia vão tentar reverter a vantagem do Manchester City, que venceu o primeiro jogo por 2 a 1, e ficar com a vaga na final. Dessa forma, o camisa 10 pode ser decisivo para o objetivo ser alcançado, mas está ciente que não vai ter vida fácil no confronto, já que deve ter marcação pesada do time de Guardiola. Além disso, muitas vezes, a arbitragem acaba “ignorando” faltas no jogador, algo que foi mencionado por ele.

“É um estilo de jogo que gosto de jogar, que é ter mais a bola, criar mais para ajudar a equipe com ou sem bola, driblar e se movimentar bastante. É claro que é uma maneira diferente de jogar, você tem que jogar contra os adversários e a arbitragem, mas estamos felizes com a nossa vitória e o nosso comprometimento”, declarou à “PSGTV”.

Neymar também ressaltou que a temporada está sendo desgastante. Mesmo assim, o PSG conseguiu vencer o Lens e se manter na briga pelo título do Campeonato Francês, que também é um dos objetivos do clube.

“Grande parte da equipe estava um pouco cansada, ainda mais mentalmente do que fisicamente. Precisávamos nos recuperar o mais rápido possível para disputar este jogo. Ainda temos alguns detalhes a melhorar, é claro, mas fizemos o mais importante, conseguimos essa vitória para nos manter vivos na luta pelo título“, analisou.

LEIA MAIS