De olho na final do Paulistão, reservas do Palmeiras perdem para Defensa y Justicia em jogo com chuva de gols

Palmeiras segue em busca da melhor campanha da fase de grupos da competição sul-americana apesar da derrota

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

O Palmeiras recebeu o Defensa y Justicia nesta terça-feira (18), no Allianz Parque, em jogo válido pela 5ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores e, após buscar o empate em três o Verdão acabou sendo derrotado pela equipe  argentina com gol nos acréscimos – o placar final terminou com 4 a 3 para o time comandando por Sebastian Beccacece. Essa foi a primeira vez que o Verdão tomou quatro gols jogando em sua arena desde a inauguração, em 2014.

Já garantido nas oitavas de final da Libertadores e como líder do grupo A, o técnico Abel Ferreira optou por poupar os jogadores titulares visando a final do Campeonato Paulista, contra o São Paulo – com isso o time reserva entrou em campo.

Com o resultado, o Palmeiras segue com 12 pontos. O Defensa y Justicia, por sua vez, chegou aos oito pontos na tabela de classificação e ocupa a segunda colocação do grupo. O Independiente Del Valle é o terceiro, com quatro, enquanto o Universitário é o lanterna, com apenas um.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

O Verdão volta a campo pela Libertadores pela sexta rodada da fase de grupos na quinta-feira, dia 27, quando enfrenta o Universitário, do Peru, no Allianz Parque. O atual campeão da competição segue na luta pela melhor campanha da primeira fase pelo quarto ano consecutivo

SOBRE O JOGO:

Já classificado, o técnico Abel Ferreira escalou a equipe alternativa do Palmeiras para enfrentar o Defensa y Justicia, isso porque o Verdão está de olho na final do Campeonato Paulista contra o São Paulo, que terá o primeiro jogo sendo disputado nesta quinta-feira, dia 20, às 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque – a decisão será no domingo (23), às 16h, no Morumbi.

Apesar da escalação reserva, o Palmeiras não facilitou para o time argentino, que abriu o placar aos 10 minutos com Walter Bou após cobrança de escanteio, em um lance que contou com uma falha de marcação de Zé Rafael. O Verdão ne teve tempo para lamentar e empatou dois minutos depois, em cobrança de falta – Gustavo Scarpa lançou a bola na área e Zé Rafael mandou para o fundo das redes.

O Defensa voltou a ficar com a vantagem no placar aos 27 minutos, novamente com Bou, desta vez após boa jogada pela esquerda. O atacante aproveitou a falha da marcação e empurrou a bola para o gol de cabeça. Aos 36, Willian empatou novamente para o Verdão após a recuperação da bola no campo de ataque.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Já na etapa final, o time argentino fez 3 a 2 logo aos seis minutos, com Matías Rodriguez. Aos 14 minutos, o Palmeiras quase empatou novamente a partida com Wesley, que mandou a bola no travessão. Já aos 18, Willian chegou a balanças as redes, mas o bandeira assinalou impedimento.

O gol de empate saiu aos 29 minutos, com Gustavo Scarpa. O meia aproveitou cruzamento de Matías Viña para bater com força e deixar tudo igual. O Palmeiras teve chances de virar a partida com Scarpa e Lucas Lima, mas não conseguiu aproveitar.

Aos 44 minutos da etapa final, o jovem zagueiro Vanderlan recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso. O Defensa marcou o quarto gol e garantiu a vitória aos 48, com Braian Romero.

FICHA TÉCNICA: Palmeiras x Defensa y Justicia:

Motivo: 5ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores
Data: 18 de Maio de 2021, terça-feira
Horário: 19h15 (horário de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Árbitro: Andrés Cunha-URU
Assistentes: Richard Trinidad-URU e Nicolas Taran-URU

Escalação do Palmeiras: Jailson, Danilo Barbosa, Luan e Vanderlan; Lucas Lima, Danilo, Zé Rafael (Gabriel Menino), Gustavo Scarpa e Matías Viña; Wesley (Giovani) e Willian. Técnico: Abel Ferreira.

Desfalques: Marcos Rocha, Gabriel Veron, Breno Lopes, Kuscevic e Alan Empereur.

Escalação do Defensa y Justicia: Luis Unsain; A.Frías, Juan Rodríguez (Meza) e Emanuel Brítez; Matías Rodríguez, Raúl Loaiza (Hachen), E.Fernández e N.Tripichio; C.Rotondi, Walter Bou (Escalante) e Braian Romero. Técnico: Sebastian Beccacece.

Desfalques: ninguém.

+ Presidente da FPF critica falas de Abel Ferreira sobre usar o Paulistão como ‘laboratório’: “Poderia ter evitado”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes