Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

River Plate, em noite histórica, supera Santa Fe pela Copa Libertadores

Com apenas onze atletas e com Enzo Pérez improvisado no gol, River Plate vence rival e segue na liderança do Grupo D da Libertadores

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação / Twitter oficial River Plate

Tem momentos que o futebol proporciona que ninguém explica. E tivemos mais um deles nesta quarta-feira (19). Em meio a um surto de Covid-19, o River Plate encarou o Santa Fe e venceu a partida pelo placar de 2 x 1, gols de Fabrizio Angileri e Julián Álvarez para a equipe argentina, enquanto Kelvin Osoriso diminuiu para os visitantes. O resultado em si seria esperado, se não fosse o fato de que Milionario só pode relacionar onze jogadores para o confronto.

Para piorar a situação, o River não tinha nenhum goleiro para escalar, já que os quatro jogadores da posição estavam fora por conta do coronavírus. A equipe tentou inscrever um goleiro de forma excepcional, mas a Conmebol negou o pedido. Dessa forma, coube a Enzo Pérez, meia do clube, atuar improvisado no gol. E o atleta não deixou a desejar, pelo contrário, ele praticou defesas importantes ao longo da partida. Além disso, ele foi eleito o melhor jogador da partida.

Em seu Twitter oficial, o River Plate celebrou o feito.

“Os 11 para a história”

Após a partida, o jogador falou sobre a vitória.

Falar da partida parece que não faz sentido pelo que passamos com a Covid-19. Tivemos coração, hombridade e personalidade. E não só dos que jogaram, mas de todo grupo. Mostramos o tipo de pessoas que somos. Ainda vai se falar muito desse jogo“.

O resultado foi muito importante para o River Plate. Isso porque a equipe assumiu a liderança do Grupo D e só depende de um empate em casa contra o Fluminense para não só se classificar, como também para garantir o primeiro lugar do grupo.

LEIA MAIS:

Flamengo arranca empate na raça contra LDU e garante vaga nas oitavas da Libertadores

Willian Arão é expulso com 14 minutos no 300º jogo pelo Flamengo; assista ao lance