Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Banido da Série A? Eriksen pode ter problemas para jogar o Campeonato Italiano

Caso volte a jogar futebol profissionalmente, Eriksen pode ter problemas para disputar a Série A

Rubens Melo
Jornalista Esportivo colaborador do Torcedores.com. Paraibano, 26 anos. Apreciador de futebol - seja ele bem ou mal jogado, jogos eletrônicos e vários outros esportes.

Crédito: Marco Luzzano/Getty Images

Eriksen pode ser banido da Série A caso volte a atuar profissionalmente. Não bastasse o susto no duelo da Dinamarca contra a Finlândia pela Eurocopa, o meia de 29 anos pode ter problemas posteriores. A razão é o dispositivo no coração para regular os batimentos cardíacos que Eriksen recebeu recentemente.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

Acontece que, segundo o médico da seleção dinamarquesa Morten Boesen, Eriksen precisará de um CDI (Cardioversor desfibrilador implantável). Este dispositivo, no entanto, é algo que pode impedi-lo de jogar na primeira divisão da Itália.

De acordo com o presidente da Sociedade Italiana de Cardiologia do Esporte, Lucio Mos, é provável que Eriksen não mais possa atuar no futebol italiano:

“As regulamentações italianas são as mais rígidas do mundo e é por isso que o número de mortes súbitas durante a atividade física é muito menor do que em outros países. Os protocolos são muito rígidos, pelo que parece impossível vermos o Eriksen novamente na competição italiana.”  Disse o profissional.

MESMO BANIDO, NEM TUDO ESTÁ PERDIDO

Embora a possibilidade de permanecer no Inter esteja em dúvida, Eriksen ainda pode seguir sua carreira profissional. O jogador do Ajax e da Holanda, Daley Blind, tem um dispositivo semelhante instalado após desmaiar durante um amistoso da pré-temporada em agosto de 2020 e continua sendo um jogador de futebol profissional. O atleta inclusive integra o elenco da Holanda na atual Eurocopa 2020.

Eriksen ainda segue em tratamento no hospital após a parada cardíaca. O quadro clínico do atleta é considerado estável. Durante a partida entre Dinamarca e Bélgica, o atleta foi homenageado por jogadores e torcedores. A partida parou e todos aplaudiram na chega dos 10 minutos da primeira etapa, em alusão ao numero usado pelo meia dinamarquês.

VEJA TAMBÉM: 

Atacante brasileiro vai reforçar o Benfica de Jorge Jesus

Mercado da Bola: Zagueiro de 12 anos assina contrato o Flamengo

Mano Brown se revolta com possível reforço do Santos: ‘Tá tirando’