Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Barcelona: Guadiola fala sobre permanência de Koeman

Lenda do Barcelona falou sobre Joan Laporta manter o holandês

Alexander Rodrigues
Redator no @AlemanhaFC, @Torcedorescom, ADM da página @futebolcomamor e torcedor do Feyenoord.

Crédito: Pep Morata - MD

De férias depois de uma temporada de títulos e o vice da UEFA Champions League, Pep Guadiola falou sobre o Barcelona ter mantido o holandês Ronald Koeman para mais uma temporada no Camp Nou. Segundo o ex-treinador do Barça, que falou no meio de uma competição de golf, o clube fez bem em manter Koeman.

“Sou muito amigo do Koeman, estou muito contente e sei de tudo porque falei com o presidente (Joan Laporta), que está convencido da decisão que tomou. Foi muito complicado para todas as equipes essa situação da pandemia. Koeman merece ter um ano com público nos estádios e a segunda temporada é sempre melhor do que a primeira, porque já se conhecem e têm a equipe mais na mão. Ele caiu perto do final, quando estava muito perto de conseguir. Ganhou a Copa do Rei, mudou a defesa, jogou muito bem, aliás apresentou o melhor jogo na Espanha”, afirmou Guardiola.

Ainda na mesma entrevista, Guardiola também falou sobre outro treinador, Carlo Ancelotti, que confirmou o seu retorno para o Real Madrid para a temporada 2021/2022. O treinador catalão fez questão de rasgar elogios ao italiano.

“Tenho uma excelente relação com ele e é um técnico excepcional. Além da intuição tática, que é muito inteligente, a gestão humana é genial. Estou muito contente por ele.”

E aí? Você acha que o Barcelona fez bem em manter o holandês Ronald Koeman para comandar a equipe na próxima temporada? Diga o que você acha nos comentários!

Leia mais

Mercado da bola: Presidente do PSG revela destino de Mbappé

Mercado da bola: Mourinho quer levar seu ex-capitão para a Roma

Mercado da bola: Aston Villa dá “balão” no Arsenal e fecha com argentino

Penalty bizarro marca final da Copa da Holanda

Premier League: jogador confessa ter gasto mais de 300 mil em vício