Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Brasil reage, vence Colômbia de virada e mantém 100% na Copa América

Brasil acabou tendo desempenho abaixo da média, mas conseguiu vencer de virada a Colômbia com gols de Roberto Firmino e Casemiro

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Conmebol Media

Brasil Brazil 2-1 Colombia Colômbia
Copa América 2021 - 4ª Rodada (Grupo B)

Em jogo disputado no Estádio Nilton Santos, o Brasil acabou virando diante da Colômbia por 2 a 1 e manteve o 100% na no grupo B da Copa América.

Os colombianos surpreenderam a seleção brasileira e saíram na frente com golaço marcado por Luíz Diaz, que já havia feito um golaço pelo Porto na última temporada da UEFA Champions League.

Por isso, o restante do jogo acabou virando um enorme desafio para o Brasil que tentava furar a marcação colombiana nos dois tempos, tarefa que era dificultada devido ao bom sistema defensivo adversário.

Porém, depois de diversas chances construídas, a seleção brasileira conseguiu empatar com gol de Roberto Firmino e assistência de Renan Lodi. Mas o gol da vitória saiu apenas no último minuto. Na cobrança de escanteio, Neymar colocou na cabeça de Casemiro para vencer o goleiro Ospina.

Com a vitória, o Brasil garantiu o primeiro lugar com nove pontos após três jogos disputados. Na rodada final da fase de grupos, o Brasil enfrentará o Equador (27/06, 18h). A Colômbia encerrou a fase de grupos com quatro pontos e ainda está em segundo lugar do grupo, também garantida na próxima fase

Primeiro tempo

A seleção brasileira começou a partida como esperado, tendo bastante movimentação ofensiva e construindo jogadas com Neymar e Gabriel Jesus. Porém, os colombianos surpreenderam logo na primeira chance construída desde o meio-campo.

Cuadrado carregou a bola na direita com espaço e fez um lindo cruzamento para a grande área. A bola passou nas costas na marcação e  chegou em Luíz Dias que estava livre esperando para acertar uma bicicleta e marcar um dos gols mais bonitos deste ano no futebol mundial.

Nos últimos sete jogos, este foi o primeiro gol tomado pelo Brasil comandado por Tite. Por isso, no restante do tempo, os colombianos tentaram uma marcação compacta no campo defensivo para tentar anular o Brasil.

A estratégia acabou dando certo pois a seleção brasileira saiu para o intervalo com desvantagem de 1 a 0. Diversas chances foram tentadas, sendo a maioria das jogadas construídas por Neymar.

Chances foram originadas em cruzamentos, faltas batidas perto da grande área e até chutes de longa distância, como na tentativa de Richarlison aos 22 do primeiro tempo.

A melhor jogada da seleção brasileira ocorreu aos 36′, com Danilo cruzando para a grande área contando com desvio de Neymar para Richarlison chegar batendo. Porém, faltou força no chute.

 

Segundo tempo

Tite chamou Roberto Firmino no lugar de Everton Ribeiro para tentar aproximação maior na região da grande área. No entanto, a alteração mudou pouco o cenário do jogo que foi bem disputado e movimentado, mas com poucas chances reais de gol.

Nos primeiros dez minutos, estas foram as principais jogadas: Neymar deu caneta dentro da área mas acabou sendo desarmado. Depois, Richarlison lançou Neymar em profundidade e tentou cruzamento, mas acabou ganhando escanteio após corte da zaga. Em mais uma tentativa, Alex Sandro cruzou novamente, mas a defesa colombiana novamente afastou.

Na marca dos 10′, Thiago Silva acertou lançamento espetacular para achar Neymar na grande área, mas a finalização saiu fraco e a chance foi desperdiçada. No minuto seguinte, Neymar construiu e arrancou pelo meio para finalizar no canto com força, mas a bola saiu.

O Brasil estava aumentando a intensidade e chegando cada vez mais perto do gol. Percebendo isso, Rueda tirou Borré para colocar o volante Cuéllar.

Tite também mexeu com a entrada de Renan Lodi no lugar de Alex Sandro. Aumentando a pressão, aos 20′, Roberto Firmino foi responsável por achar Neymar dentro da área, que driblou Ospina e ficou com o gol vazio, mas chutou na trave e desperdiçou.

A seleção brasileira passou dez minutos tentando finalizar novamente com perigo. Mas logo após as entradas de Everton e Gabriel (nos lugares de Gabriel Jesus e Richarlison), o Brasil finalmente conseguiu empatar o jogo.

Renan Lodi cruzou com precisão na grande área e Firmino ficou livre da marcação para bater firme e empatar para a seleção brasileira aos 32′ do segundo tempo. O gol passou pela checagem do VAR por mais de cinco minutos depois que a jogada foi iniciada com o toque acidental de Nestor Pitana, favorecendo Roberto Firmino. Depois da confusão, o árbitro confirmou o gol.

Mesmo com a progressão da partida, o restante do tempo ficou marcado por muitas faltas e discussões, deixando o jogo muito mais travado. Tudo isso incentivou que Nestor Pitana optasse por dez minutos de acréscimos no segundo tempo.

O tempo foi suficiente para o Brasil conseguir marcar o gol da virada na bola parada, aos 55 minutos do segundo tempo. Em cobrança de escanteio, Neymar cobrou  na medida certa e Casemiro apareceu para cabecear firme.

 

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2-1 COLÔMBIA

Data: 23/06/2021, 21:30
Estádio: Nilton Santos
Árbitro: Nestor Pitana (Argentina)

Gols: 1T 10′ Luis Díaz (Colômbia); 2T 33” Firmino (Brasil); 2T 55′ Casemiro (Brasil)

Substituições – Brasil: Roberto Firmino (Everton Ribeiro); Renan Lodi (A.Sandro); Lucas Paquetá (Fred); Gabigol (Richarlison); Everton (Gabriel Jesus)

Substituições – Colômbia :  Borja (Zapata); Cuélar (Borré)

Brasil (4-4-2): Weverton; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro; Everton Ribeiro, Casemiro, Fred, Richarlison; Gabriel Jesus, Neymar. Técnico: Tite

Colômbia (4-4-2): Ospina; Muñoz, Mina, Sánchez, William Tesillo; Cuadrado, Barrios, Uribe, Luis Díaz; Borré, Zapata. Técnico: Reinaldo Rueda

LEIA MAIS